Profissionais do Mais Educação passam por capacitação
27-07-2015 15:14

A primeira semana, após o recesso escolar, foi de muito estudo para professores, educadores e estagiários que trabalham no Programa Mais Educação da Secretaria de Educação de São José dos Pinhais.

A capacitação foi promovida pelo Departamento de Ensino Fundamental, por meio da coordenação do Mais Educação no município. Foram realizadas oficinas nas áreas de Música, Educação Física, Psicomotricidade, Matemática, Português e Literatura.

A abertura do encontro, que aconteceu durante três dias (21 a 23), foi realizada pela diretora do departamento de Ensino Fundamental Otília Scherner Possebon. “O trabalho no programa visa a excelência dos profissionais de Educação, pois o objetivo da Secretaria é oportunizar melhoras na aprendizagem às crianças, a partir de suas vivências”, disse Otília.

O Mais Educação promove na ampliação de tempos e espaços, oportunidades educativas e o compartilhamento da tarefa de educar entre os profissionais da educação, priorizando o atendimento integral às crianças que apresentam baixo rendimento escolar e/ou em risco social.

“O trabalho no Mais Educação não é simplemesmente o de aumentar a carga horária de permanência da criança na Escola, mas oferecer a possibilidade de desenvolvimento e formação integral, ou seja psicológica, afetiva, políticas entre outras”, explica Sonia Regina dos Santos, coordenadora do programa Mais Educação em São José dos Pinhais, que destacou “Essa capacitação representa o investimento da Secretaria de Educação em formar uma equipe coesa voltada para o atendimento da educação integral no município. Atualmente o município conta com 87 profissionais, entre professores, coordenadores e estagiários distribuídos nas nove Unidades”, destacou Sonia

Alfabetização e Letramento
Uma oficina prática tendo como instrumento de estudo o conto o “Casamento da Dona Baratinha” foi promovida pela coordenadora de alfabetização e Letramento Luiza Kondo. “Discutimos sobre os gêneros textuais, a sua funcionalidade e prática social, para que sejam atrativos, prazerosos e funcionais. A partir do texto sobre a ‘Dona Baratinha’ os professores foram desafiados a organizar um evento, no qual os gêneros trabalhados foram interpretados e transformados em convites, croqui de vestido de noiva, cardápio, e outros, através do faz de conta. Para a criança a atividade significa ler, entender e concretizar o texto”, disse Luiza.

Alfabetização Matemática
Em Matemática foi realizada uma oficina teórico-prática sobre Jogos Matemáticos com objetivo de caracterizá-los como recursos pedagógicos que proporcionem o ambiente de aprendizagem, de maneira lúdica. “Por meio da análise das estratégias, buscamos a resolução de problemas. O trabalho passa pela análise de possibilidades, tomada de decisão e a compreensão do erro como parte do processo de aprendizagem, explica Edicleia Xavier, coordenadora da área de Matemática do departamento de Ensino Fundamental.

Educação Física
O assunto abordado pelo professor de Educação Física Cezar Machado foi psicomotricidade. “Os profissionais do Mais Educação atendem alunos com dificuldade de aprendizagem que pode, em alguns casos, estar relacionado ao desenvolvimento motor, que interfere diretamente no processo de aprendizagem, especialmente na alfabetização. Além da conceituação teórica sobre o que a psicomotricidade, desenvolvemos atividades lúdicas dentro e fora da sala de aula, com sugestões bem funcionais e de fácil aplicação no dia a dia dos professores e crianças”, disse Cezar.

Durante a aula o professor Cezar destacou também a missão que os professores desempenham na vida das crianças. “Os profissionais que trabalham com as crianças do Mais Educação são especiais, pois estes alunos necessitam de atenção diferenciada, dadas as dificuldades que refletem na aprendizagem. É um trabalho que traz a possibilidade de um futuro melhor para estas crianças”.

Música
O coordenador da área de música Jeferson Mauda apresentou durante a oficina de capacitação atividades práticas de musicalização infantil para trabalhar em sala de aula.

Os professores aprenderam a confeccionar objetos sonoros, feitos a partir de materiais recicláveis, para desenvolver atividades musicais com os alunos. “Expliquei sobre os instrumentos musicais, suas famílias e grupos musicais que pertencem, como bandas, orquestras, fanfarras. Também os professores aprenderam sobre os benefícios de desenvolver a dança circular no Programa”, disse Jeferson.

Literatura
Através da coordenação de Língua Portuguesa e Literatura, a formadora de literatura Lilian de Oliveira promoveu uma oficina de contação de histórias para os participantes. “O conteúdo foi teórico e prático. Em um primeiro momento houve a discussão sobre a importância de contar histórias para as crianças. Na prática, mostramos como contar historias utilizando diversos elementos, desde instrumentos musicais, brinquedos, materiais escolares, ou seja qualquer objeto que estimule a imaginação e criatividade, e que promovam momentos de aprendizagem. Essa experiência deve ser compartilhada com os alunos”, disse Lílian.

Publicado: Comunicação Social da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais
POW INTERNET
POW INTERNET

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.