SJP no combate à violência contra a pessoa idosa
09-12-2015 17:06

O Serviço de Geriatria e Gerontologia da Secretaria de Saúde de São José dos Pinhais, desde sua fundação em julho deste ano (2015) trabalha em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), por meio da equipe do Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas Famílias (PCDIF) no atendimento de casos de violação de direitos e violência contra a pessoa idosa no Município.

Os principais casos atendidos pelo Serviço são relacionados a situações de abandono, violência física, psicológica e financeira contra o idoso. Outra situação frequente é a presença de autonegligência, quando o próprio idoso ameaça sua saúde ou segurança. “Neste caso não se trata do outro que comete a violência, mas da própria pessoa que se maltrata. Identificamos essas situações quando a pessoa para de comer, para de tomar o remédio por conta, descuida da aparência física, isola-se socialmente e manifesta a vontade de morrer”, explica o médico geriatra do Município, Claudio Silveira Filho.

A equipe do PCDIF, composta por psicólogas, assistente social, educadora social, estagiária de psicologia e uma advogada, esclarecem que a articulação entre os serviços ocorre através de reuniões mensais para discussão dos casos, avaliações dos idosos realizadas no Ambulatório de Geriatria e visitas domiciliares realizadas em conjunto pelas equipes. “Essas ações permitem o levantamento mais eficaz de informações referentes ao estado de saúde do idoso e os fatores condicionantes do meio social, complementando que o atendimento intersetorial permite que o indivíduo seja visto em sua totalidade, garantindo um atendimento integral e de qualidade, considerando as trocas efetuadas entre as diversas áreas do conhecimento”, declara os membros do PCDIF.

A equipe afirma ainda que as informações colhidas fornecem elementos para o planejamento de ações que visam à proteção do idoso e a promoção da sua saúde, bem como fornecem subsídios em situações em que se faz necessário a emissão de relatórios ao Ministério Público com vista à responsabilização dos violadores de direitos dos idosos.

“São muitos os casos de pacientes encaminhados para o Ambulatório que sofrem algum tipo de violência e também é grande o número de casos recebidos pela equipe do PCDIF, seja através de notificações realizadas pelas Unidades Básicas de Saúde ou via Disque 100”, informa a gerontóloga Marcia Daniele Seima.

O Serviço de Geriatria e Gerontologia informa que qualquer pessoa que suspeitar ou identificar a ocorrência de maus tratos contra o idoso, deve realizar a denúncia através do Disque 100 ou procurar a rede de atendimentos descentralizados, como unidades de saúde, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), próximas da residência do idoso ou diretamente o CREAS, localizado na Rua Tarcílio Zoelner, n°. 750 – Cidade Jardim, através do telefone (41) 3398-2573, preservando sempre o anonimato da pessoa que faz a denúncia.

Publicado: Comunicação Social da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais
POW INTERNET
POW INTERNET

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.