SJP terá 'castramóvel' para controle de população canina e felina
31-03-2016 17:41

A Secretaria de Meio Ambiente de São José dos Pinhais levou até a comunidade do Guatupê a Unidade Móvel de Esterilização e Educação em Saúde (UMEES) também conhecido como o ônibus “Castramóvel”. O veículo, todo adaptado e equipado para funcionar como uma sala de cirurgia, permaneceu pela manhã e tarde desta quinta-feira (31) ao lado dos Residenciais Vila Verde e Amazonas para que os moradores da região, donos de animais de cães e gatos, conhecessem a estrutura do ônibus, sentindo-se mais seguros em realizar o cadastro para o programa de castração gratuita oferecida pela Prefeitura de São José dos Pinhais.

“Estamos intensificando e descentralizando as ações do programa de Controle Ético da População Canina e Felina. No caso desta ação, ela iniciou com um senso nos novos residenciais inaugurados pela Prefeitura para quantificar a população canina e felina do bairro, e agora está cadastrando os proprietários interessados em castrar seus animais de estimação. Outra etapa é fazer a palestra e trazer o Castramóvel até o bairro para realizar as cirurgias”, explicou o secretário de Meio Ambiente, Professor Assis Manoel Pereira. Ele contou ainda que mensalmente são realizadas cerca de 300 cirurgias de castração por meio do programa mantido pela Secretaria de Meio Ambiente.

De acordo com a médica veterinária Ana Paula Jacon, além de levar o serviço de castração ao bairro, a ação visa conscientizar a população quanto à guarda responsável de animais. “Hoje o número de cães de rua sem dono é pequeno em relação ao número de animais que estão na rua, mas têm dono, ou seja, são semi-domiciliados e são esses animais com maior recomendação para castração, pois são os que acabam gerando crias que muitas vezes são abandonadas nas ruas à sorte”, disse.

A médica-veterinária disse que ainda há resistência por algumas pessoas quanto ao procedimento. “A pessoas acham que a cirurgia vai judiar do animal, ou depois dela o cão ou o gato vai mudar o comportamento. Mas é muito difícil acontecer, o cão bravo, por exemplo, vai continuar com o mesmo temperamento mesmo depois de castrado”, explicou Ana Paula.

Censo
A Secretaria de Meio Ambiente realizou um censo pelo qual estima-se que em São José dos Pinhais exista um cão para cada dois habitantes, sendo a maioria cães semi-domiciliados, ou seja, animais que possuem proprietário, porém passam o dia soltos na rua.

Desde 2010 a Secretaria de Meio Ambiente mantém o convênio com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), responsável pela Unidade Móvel de Esterilização e Educação em Saúde, que é uma vertente de uma rede de projetos voltados à conscientização quanto aos cuidados necessários quando se adquire um animal de estimação. A castração é uma ação pontual, mas a conscientização que é trazida junto com isso tem um efeito multiplicador.

Mais informações sobre o programa Guarda Responsável, podem ser obtidas pelo telefone (41) 3398-2762

Publicado: Comunicação Social da Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais
POW INTERNET
POW INTERNET

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.