Ciência e Tecnologia

Governo quer mais competição para reduzir custo da banda larga, diz presidente da Telebras
26-05-2010 10:39

A regulação do serviço de banda larga não tem sido suficiente para eliminar a concentração no setor e os altos preços cobrados pelos serviços no país. Para reverter o quadro o governo pretende disponibilizar infraestrutrura de transporte de informação, por meio de sua rede de fibra ótica, favorecendo pequenos e médios provedores. A informação foi prestada por Rogério Santana dos Santos, presidente da Telebrás, em debate na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT).

Conforme afirmou, o Plano Nacional de Banda Larga lançado pelo governo federal visa ampliar a oferta de rede de transporte de informação necessária para que pequenos provedores também possam atuar no mercado brasileiro, favorecendo a competição e a redução de preços.

- As operadoras atuais estão em zona de conforto. Mais de 94% dos acessos à banda larga no Brasil são fornecidos por 5 empresas, que detém as redes de transporte - disse. Com as novas medidas, o governo acredita que o custo do acesso à banda larga poderá ser reduzido a 30% dos valores hoje praticados.


Agência Senado
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.