Ciência e Tecnologia

Pesquisa da UnB descobre componente de perfume em planta do Cerrado
07-03-2009 14:34

Da Agência Brasil

Brasília - Uma pesquisa feita na Universidade de Brasília pela engenheira florestal Ana Virgínia encontrou no araçá do Cerrado (Psidium myrsinides) uma matéria-prima para perfumes, o linanol.

Segundo a pesquisadora, as pessoas pensam que a vegetação é de Cerrado só porque existem árvores retorcidas, com casca grossa e pouquíssimo valor, em comparação com a diversidade da Amazônia, o que é um engano.

A substância linalol está presente no óleo essencial da planta e, em cosméticos e perfumes, serve para fixar a fragrância na pele.

O linalol também pode ser extraído de outras plantas, como o manjericão e o pau-rosa da Amazônia. No entanto, o araçá tem vantagem na questão da sustentabilidade. “Como o linalol é extraído somente da folha, é menos degradante ao meio ambiente. No pau-rosa, por exemplo, extrai-se do tronco da árvore, que demora 30 anos para crescer.”, explica Ana Virgínia.

“Ainda não há como prever o uso comercial do linalol do araçá. Nós descobrimos a substância nos óleos essenciais da planta e agora estamos partindo para pesquisas mais avançadas. Acredito que dentro de dois ou três anos já se tenha resultados favoráveis”, acrescenta.

GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.