Ciência e Tecnologia

Requião inaugura em Ponta Grossa Escola Tecnológica de Leite e Queijos
06-10-2009 18:17

O governador Roberto Requião inaugurou nesta terça-feira (6), na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), a Escola Tecnológica de Leite e Queijos dos Campos Gerais, resultado de parceria firmada com a província francesa de Rhône-Alpes em 2004. Também foram inaugurados o prédio de História e Artes e a rede de serviço de internet sem fio, além de entregues espaços acadêmicos, equipamentos e veículos para a universidade.

Requião lembrou que para a instalação da Escola de Leite e Queijos, visitou a região francesa duas vezes. “Me interessei pela possibilidade de trazer ao Paraná e ao Brasil milênios de cultura francesa nesta produção. Esta é uma experiência que revolucionará a produção de queijo, principalmente para os pequenos produtores rurais do Paraná e do Brasil, que terão produtos com alta qualidade, valorizando sua produção e aumentando suas possibilidades de renda”, afirmou o governador.

Para o vice-presidente de Ensino Superior de Rhône-Alpes, Roger Fougeres, a Escola é um exemplo frutífero da cooperação entre as duas regiões, que têm muito em comum, principalmente na área da agricultura e pecuária leiteira. “Há muitas semelhanças, porém, nossos produtores têm enfrentado dificuldades no que se refere ao preço do leite e este acordo (com o Paraná) é importante para nós porque, ao processar o leite aqui, valorizamos nosso produto”, disse.

Localizada na região considerada como uma das maiores bacias leiteiras do Estado e uma das mais importantes do País, a Escola recebeu, em 2008, investimentos de R$ 200 mil do Estado para a implantação do Curso de Fabricação de Queijos e, em 2009, mais R$ 250 mil para as obras de estrutura. Já foram implantados os protocolos de fabricação de queijos finos – tipo Feta, Boursin, Camembert Brie, Coulommier, Ementtal, Parmesão, Gorgonzola e Reblochon. A Escola funciona no Centro de Tecnologia de Alimentos, que vai receber investimentos de R$ 1,5 milhão para obras de melhorias e compra de equipamentos.

“A parceria com Rhône-Alpes abre a possibilidade de diversificação da agricultura com a produção de queijos finos”, disse a secretária da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Lygia Pupatto. Ela lembrou que professores do Paraná foram a região francesa para participar de treinamento. “Agora, eles vão repassar este conhecimento para os filhos dos agricultores e dos produtores de leite. Em um segundo momento, vamos abrir cursos de pós-graduação e especialização para formar recursos humanos e fomentar a atividade. É a universidade agindo diretamente no desenvolvimento da sua região”, disse.

Para o vice-governador Orlando Pessuti, o projeto representa um salto na qualidade da produção leiteira. “A Escola vai fomentar o crescimento da cadeia produtiva do leite e, somada a ações fortes que o Estado já mantém na pecuária leiteira, como o programa Leite das Crianças e a distribuição de novilhas aos agricultores, vai melhorar a qualidade dos produtos pela qualificação de profissionais”, afirmou.

O reitor da UEPG João Carlos Gomes destacou que a Escola vai representar crescimento na qualidade da universidade, porque proporciona “a capacitação de professores, com melhor qualidade de ensino para os alunos”.

AEN
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.