Ciência e Tecnologia

Sistema na internet permitirá melhor produção regional
25-06-2009 09:19

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vai investir R$ 1,4 milhão em um serviço que será desenvolvido para a internet, para transferir de forma rápida e eficiente resultados de pesquisa para a sociedade, em especial aos produtores rurais. Os recursos aplicados no projeto - chamado WebAgritec - são do Programa de Fortalecimento e Crescimento da Embrapa - PAC Embrapa, que busca fortalecer a pesquisa brasileira, estimulando a inovação científica, tecnológica e institucional.

“O WebAgritec é um grande modelo de transferência de tecnologia, que busca levar aos produtores serviços gerados pela Embrapa, com aplicação regionalizada”, diz Silvio Evangelista, chefe de pesquisa e desenvolvimento da Embrapa Informática Agropecuária (Campinas, SP). O sistema já está em desenvolvimento e deve ser colocado à disposição de cooperativas, técnicos agrícolas, extensionistas e produtores rurais até o final de 2009.

O projeto vai agregar em um único portal na internet vários produtos de pesquisa da empresa. Entre os serviços disponíveis, por exemplo, estarão os diagnósticos e alertas de pragas e doenças, dados sobre clima, condições de solo e estimativas de produção, em nível micro, ou seja, específicos para a região consultada, em todo o Brasil. As informações receberão um tratamento adequado para atender às necessidades específicas de cada região e serão apresentadas em formato de gráficos, mapas, tabelas etc., de modo dinâmico e interativo, usando novos recursos tecnológicos da web 2.

A Embrapa Informática Agropecuária construiu um protótipo que funciona por módulos, usando a tecnologia OpenLaszlo, aplicação de semântica para busca de dados e conceitos de interatividade característicos das novas tecnologias web 2, conta a pesquisadora Silvia Massruhá, líder do projeto. Os oito módulos inicialmente previstos são: previsão do tempo, zoneamento agrícola, monitoramento de plantio, módulo produtor do diagnose virtual, indicação de cultivares, adubação, videoteca e notícias.

Para Evangelista, essas tecnologias só estão acessíveis a um público restrito. Por isso, o sistema também será oferecido em uma versão mais simples para usuários que tenham recursos computacionais tradicionais, e em outra voltada para aqueles que usam computação móvel, como celulares e palmtops. O projeto prevê, ainda, a atualização e a inclusão constante de novos produtos, além do desenvolvimento de novas formas de acesso e divulgação.

Com esse objetivo, serão firmadas parcerias para consultorias internas e externas com os centros de pesquisa da Embrapa focados em produtos e outras instituições de pesquisa. O WebAgritec, inicialmente, terá a participação da Embrapa Transferência de Tecnologia (Brasília), Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas, MG), Embrapa Soja (Londrina, PR), Embrapa Trigo (Passo Fundo, RS) e Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP). Os escritórios de negócios da Embrapa Transferência de Tecnologia distribuídos pelo País serão os potenciais difusores do sistema.

O uso eficiente das informações disponíveis vai permitir a redução dos custos de produção agrícola, o aumento de produtividade e a melhor gestão da propriedade agrícola, de acordo com o gerente-geral da Embrapa Transferência de Tecnologia José Roberto Rodrigues Peres. Ele destaca que a integração das ferramentas vai permitir oferecer aos produtores serviços diferenciais, como o monitoramento da produção, que terão grande reflexo na competitividade do agronegócio brasileiro.

Nadir Rodrigues (MTb/SP 26.948)
Embrapa Informática Agropecuária
Ilustração:Suzilei Carneiro
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.