Cultura

Concerto inédito em Curitiba une Antonio Vivaldi e John Cage
12-08-2014 17:03

Uma atração musical inusitada marca o fim de semana, com a Orquestra de Câmara de Curitiba executando o concerto “As Oito Estações”, que tem no repertório “As Quatro Estações”, a mais conhecida obra do italiano Antonio Vivaldi (1678 – 1741), e o “Quarteto de Cordas em Quatro Partes”, do polêmico norte-americano John Cage (1912 – 1992). Com direção musical e violino solo a cargo de Rodolfo Richter, o espetáculo inédito em Curitiba acontece na Capela Santa Maria Espaço Cultural, com sessões às 20h de sexta-feira (15) e às 18h30 de sábado (16).

As apresentações, que integram a temporada 2014 patrocinada pelo Ministério da Cultura e pela Volvo, serão antecedidas por palestras de Márcio Steuernagel, premiado compositor, mestre em Música pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), professor da Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap) e regente da Orquestra Filarmônica da UFPR. O público também terá a oportunidade de acompanhar o ensaio geral da orquestra, às 10h de quinta-feira (14), na Capela Santa Maria Espaço Cultural, com entrada franca.

Inovadores, cada um em seu tempo, Vivaldi e Cage estarão unidos sob a direção musical do violinista curitibano Rodolfo Richter, que responde desde 2012 pela direção artística de Música Antiga da Oficina de Música de Curitiba. O músico desenvolve uma carreira internacional e vive em Londres, onde é professor da conceituada Royal College of Music. “O desafio deste programa reside no paradoxo de tocar Vivaldi como Cage e Cage como Vivaldi”, destaca Richter.

Os quatro movimentos da obra de Cage – também batizados de Verão, Outono, Inverno e Primavera – serão executados intercalados aos de Vivaldi, numa combinação que transcende séculos. O concerto, que não terá intervalos entre os movimentos, permite o diálogo entre passado e presente. “Vivaldi é gráfico em sua composição, levando a plateia a enxergar o quadro descrito pela música. Cage é mais contemplativo, despertando no ouvinte a reflexão sobre a obra”, explica Richter, que gravou “As Oito Estações” com a B’Rock Baroque Orchestra, grupo belga conhecido por misturar música antiga e contemporânea.

O desafio aceito pela Orquestra de Câmara de Curitiba cria uma performance histórica, mostrando que as diferenças entre passado e presente estão sendo gradativamente apagadas. “O moderno ‘Quarteto de Cordas em Quatro Partes’ de Cage clama pelos sons mais leves de uma orquestra barroca”, enfatiza Richter.

Publicado: GuiaSJP.com - Jornalista Mauren Luc (Reprodução autorizada mediante citação do GuiaSJP.com)
GUIASJP - Um serviço POW Internet
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.