Cultura

Dia da Padroeira do Paraná é incluído no calendário oficial do Estado
13-11-2014 16:01

O governador em exercício, Flávio Arns, sancionou nesta quinta-feira (13), em Paranaguá, no Litoral, a lei que inclui no calendário oficial do Estado o dia de Nossa Senhora do Rocio, Padroeira do Paraná, celebrado em 15 de novembro. A assinatura fez parte das festividades que movimentam Paranaguá durante toda a semana, com a presença de mais de 500 mil pessoas.

A festa de Nossa Senhora do Rocio em Paranaguá comemora 200 anos em 2014. Flávio Arns lembrou que a inclusão da data no calendário oficial se soma à outra lei, que oficializou Nossa Senhora do Rocio como padroeira do Paraná. “Com isso, Paranaguá, que abriga o santuário de Nossa Senhora, se fortalece como polo de turismo religioso do Estado, o que representa mais renda e emprego para o município e mais dinamismo para a economia da região”, afirmou ele.

“A lei motiva a devoção e dá apoio para que a festa continue por muitos anos”, disse ele na solenidade, realizada no centro pastoral, com a presença de autoridades, lideranças da região e da comunidade.

O bispo da Arquidiocese de Paranaguá, Dom João Alves dos Santos, também ressaltou o reconhecimento oficial do Estado do Paraná à data de celebração da Padroeira. “Essa medida vem exaltar a devoção à Nossa Senhora do Rocio”, afirmou ele.

O prefeito de Paranaguá, Edson Kersten, explicou que a cidade está construindo um centro de eventos para acolher mais de duas mil pessoas, o que irá fortalecer as estruturas para receber os turistas que visitam o Santuário, não só no período de festa, mas durante o ano inteiro. “O objetivo é melhorar o atendimento aos turistas, garantir mais segurança, comodidade e opções de lazer”, afirmou o prefeito. “Essa movimentação é uma fonte de renda para Paranaguá e que se expande para outros municípios da região”, disse ele.

INTEGRADA – O prefeito contou que a ideia é buscar parcerias e integração de Paranaguá com outras cidades polos de turismo religioso, como Aparecida do Norte, que abriga o santuário de Nossa Senhora Aparecida, e Belém do Pará, centro de celebração à Nossa Senhora de Nazaré.

“A lei sancionada hoje, além de um reconhecimento do governo estadual, também nos ajudará a buscar outros títulos”, disse o reitor do Santuário à Nossa Senhora do Rocio, padre Sérgio Campos. Ele explicou que um dos projetos é encaminhar ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) o pedido para tornar a festa de Nossa Senhora do Rocio patrimônio imaterial do Paraná. “A festa é uma manifestação pública de fé, que já tem 200 anos”, afirmou o reitor.


Agência Estadual de Notícias
GUIASJP - Um serviço POW Internet
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.