Cultura

Museu de Arte Contemporânea abre três novas exposições
28-09-2015 14:34

O Museu de Arte Contemporânea (MAC) abrirá três novas exposições no próximo sábado (3). Com curadoria de Fernando Bini, Ida Hannemann de Campos - Entre o Pincel e a Pena... Há Também o Lápis e a Caneta apresentará as pesquisas mais recentes de Ida e os desenhos inéditos da sua coleção. Em Objeto Direto – Mostra do Acervo, foram reunidas obras que têm em comum o objeto como foco. O MAC também recebe Luz Versus Luz, que integra a Bienal Internacional de Curitiba. Os trabalhos ficarão expostos até 21 de fevereiro de 2016, com entrada gratuita.

A exposição Ida Hannemann de Campos - Entre o Pincel e a Pena... Há Também o Lápis e a Caneta apresenta as figuras leves, coloridas e espontâneas características da artista, que trabalha com planos transparentes de luz e cor, produzindo uma síntese plástica com base na simplicidade e recriando a natureza. Ida reinventa a paisagem, principalmente da sua cidade, por meio da escrita e de esboços. No dia 8 de outubro, às 17h, será feito o lançamento do livro Ida Hannemann de Campos, entre o Pincel e a Pena, de autoria do professor Fernando Bini.

Em Objeto Direto - Mostra do Acervo, o objeto simples, banal, do cotidiano é apresentado como tema ou matéria para a construção de uma obra, nas mais diversas técnicas. A intenção na escolha das 50 obras expostas é estimular o espectador a vislumbrar novos sentidos, estabelecer diálogos e atentar o olhar para o simples e o complexo.

Algumas obras retratam o objeto como temática única. É o caso dos trabalhos de Luiz Carlos Brugnera, Calderari, Claudio Fonseca, João Goldberg e Alexandre Nóbrega.

Outros artistas usam objetos prontos e industrializados para construir suas obras, como Ouvir Estrelas, pintura de Alex Flemming, cujo suporte é uma peça de vestimenta. Camille Kachani, com inúmeros componentes eletrônicos coloridos, retrata Elvis Presley.

Integrando a Bienal Internacional de Curitiba, o MAC apresentará Luz Versus Luz, de artistas renomados de países da América Latina, com curadoria da crítica de arte Adriana Almada. Estarão em exposição 28 criações que transitam por variados desdobramentos da luz.

O nome Luz Versus Luz foi escolhido por conta de um dos poemas de Paulo Leminski, que leva este título e trata de luz como imagem, conceito e experiência.

Fonte: AEN
GUIASJP - Um serviço POW Internet
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.