Empresa

Dilma Rousseff nega que Petrobras mantenha preço da gasolina para recuperar perdas
21-03-2009 17:42

Alana Gandra
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, negou hoje (21), no Rio de Janeiro, que faça parte da política da Petrobras manter o preço da gasolina para recuperar perdas.

“Não há esse posicionamento da Petrobras. Nós mantivemos os preços quando chegou a US$ 150 o barril. Não reajustamos. Não temos uma política de preço de acompanhar a volatilidade do mercado internacional. Até porque esse mercado é tudo, menos perfeito”.

Dilma Rousseff garantiu que não é essa a política de preço praticada no Brasil. Explicou que devido a “comportamentos atípicos” do mercado internacional do petróleo “é preciso se tomar bastante cuidado em fazer sinalizações para cima ou para baixo”. Segundo ele, quando política for tomada pelo governo, “ela será uma política de estabilização do preço do petróleo”.

A ministra participou de seminário interno do Partido dos Trabalhadores, na Universidade Cândido Mendes, no Rio.
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.