Empresa

Escola da Uva e do Vinho será inaugurada em Colombo
28-04-2008 08:57

A vitivinicultura paranaense (produção de uva, vinho e derivados) está na iminência de dar um salto de qualidade, semelhante ao que aconteceu com a produção de vinho da região de Bento Gonçalves (RS) e de uvas e vinho em Petrolina (PE). Isto será possível agora com a criação da Escola da Uva e do Vinho que será inaugurada na terça-feira (29) no município de Colombo, Região Metropolitana de Curitiba.

A Escola da Uva e do Vinho está sendo criada graças a uma parceria entre o governo do Paraná e o governo federal. É fruto de uma parceria entre a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, o Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-PR), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Ministério da Agricultura e prefeituras municipais.

Estão sendo investidos cerca de R$ 1 milhão, entre recursos do MDA, Embrapa e do Governo do Estado na estrutura da escola. Será um centro de treinamento e capacitação de técnicos e agricultores familiares para a difusão de novas tecnologias para todo o processo produtivo, desde o cultivo das parreiras até a transformação da uva em vinho. A previsão é treinar 1.200 técnicos até 2010.

A transferência de tecnologia será ofertada pela Embrapa Uva e Vinho, de Bento Gonçalves (RS), responsável pela elevação na qualidade da produção de outras regiões do Paraná como o Sudoeste e Norte do Estado. A Embrapa Florestas irá ceder parte das instalações para instalação de laboratórios que irão testar a qualidade da produção de vinhos, sucos, geléias e outros derivados.

A Escola terá uma estrutura de 252 metros quadrados de área construída que inclui cantina, laboratório para elaboração de produtos derivados da uva (vinhos, sucos, vinagres, geléias e graspa), possui três salas de aula para 30 alunos cada, computadores conectados a Internet de alta velocidade e alojamento para 32 pessoas, com cozinha e instalações adaptadas para portadores de necessidades especiais.

O objetivo do projeto é incentivar o cultivo de uva em todo o Estado e oferecer ao agricultor familiar uma atividade promissora de renda com a transformação da uva em vinho. Atualmente, o cultivo de uva ocupa uma área de 3.500 hectares no Estado e a meta é avançar para 4.700 hectares até 2010.

Além do incentivo ao aumento de área, a Secretaria da Agricultura quer aproveitar a transferência de tecnologia da Embrapa para incentivar o aumento de produtividade da uva em pelo menos 50%. O rendimento médio da produção de uva no Paraná é de 8.200 quilos por hectare e a meta é avançar para 12 mil quilos por hectare.

INVESTIMENTOS – A previsão é investir cerca de R$ 1 milhão na construção da escola, sendo que o Ministério do Desenvolvimento Agrário vai disponibilizar para um período de quatro anos cerca de R$ 600 mil que serão investidos na Escola da Uva e do Vinho e na formação e treinamento de técnicos e produtores.

O Ministério da Agricultura, por meio do Embrapa, está investindo mais R$ 120 mil em treinamento e o governo do Estado está oferecendo a contrapartida no valor de R$ 200 mil também em formação e treinamento.

As atividades previstas para 2008/09 iniciam-se logo após a inauguração, serão realizados treinamentos para técnicos e agricultores, desde manejo da cultura de uva – poda e tratamento de inverno: manejo integrado de pragas e doenças na uva, processo de vinificação e subprodutos da uva.




AEN
Foto:SECS
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.