Empresa

Lei do Cooperativismo está perto de uma solução, afirma secretário
25-03-2008 14:28

O acordo ocorreu na semana passada, durante evento em Foz do Iguaçu, onde Bianchini solicitou ao presidente sua intervenção para agilizar a aprovação da lei no Congresso. Segundo Bianchini, os termos da legislação estão sob coordenação na Casa Civil. A ministra Roussef disse que tinha dificuldades de dar andamento ao tema por causa das diferenças de posições entre os representantes do cooperativismo quanto a alguns itens.

Bianchini argumentou que havia uma brecha para o entendimento e que já havia um diálogo tanto com a Unicafes – União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária como com o sistema Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). Ele propôs então uma mediação entre as duas vertentes do cooperativismo já que tem trânsito entre os líderes cooperativistas e também com os líderes das cooperativas de economia solidária, que reivindicam uma representação legal junto aos órgãos de governo.

Animados com a proposta, o presidente Lula e a ministra Dilma sugeriram a Bianchini a tarefa de contribuir para unificar a proposta de acordo dentro do movimento cooperativista brasileiro, envolvendo a OCB e a Unicafes. Lula disse a Bianchini que se ele conseguir essa união, se compromete a fazer com que a liderança do governo agilize a tramitação da legislação no Congresso.

Ex-colaborador do governo Lula como titular da Secretaria Nacional da Agricultura Familiar (2003-2007), Valter Bianchini, foi procurado pelos líderes cooperativistas Marcio Lopes de Freitas, presidente da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), e João Paulo Koslovski, presidente da Ocepar, solicitando sua contribuição para desatar o nó que impedia a sanção da Lei do Cooperativismo.

Segundo Bianchini, o que emperra o andamento do projeto de lei são pontos que conflitam os interesses e o comportamento do cooperativismo de produção e o cooperativismo de economia solidária que necessitam de pequenos ajustes. O secretário avalia que a legislação irá facilitar o acesso a recursos como linhas especiais de crédito para investimentos e programas de formação principalmente pelas pequenas cooperativas que hoje têm dificuldades a esses benefícios.

Bianchini reforça que a Lei do Cooperativismo é importante para consolidar os objetivos de desenvolvimento sustentado tanto para o cooperativismo já implantado no Paraná como para as novas cooperativas, recentemente instaladas nas áreas de pobreza rural.


AEN
GUIASJP - Um serviço POW Internet
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.