Empresa

Petrobras declara comercialidade de petróleo e gás nos campos de Tupi e Iracema
29-12-2010 13:28

Rio de Janeiro - A Petrobras encaminhou hoje (29) à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a declaração de comercialidade de petróleo e gás recuperáveis nas áreas de Tupi e Iracema, na Bacia de Santos. Na proposta, a Petrobras sugere o nome de Campo de Lula, para Tupi, e de Cernambi, para Iracema, ambas denominações de moluscos. É tradição da estatal dar nomes de animais marinhos aos campos descobertos em áreas muito profundas.

Em nota, a Petrobras informa que os dois campos fazem parte do Bloco BMS-11 e que as reservas somam um total de 8,3 bilhões de barris de petróleo e gás, sendo 6,5 bilhões no Campo de Lula e 1,8 bilhão no Campo de Cernambi.

Segundo a estatal, “o Campo de Lula será o primeiro campo supergigante de petróleo do país [volume recuperável acima de 5 bilhões de barris de óleo equivalente], e o Campo de Cernambi está entre os cinco maiores campos gigantes do Brasil”.

Na nota, a Petrobras explica que a declaração de comercialidade ocorre após a execução do Programa de Avaliação Exploratória na área, a partir do primeiro poço, perfurado em outubro de 2006. Além desse documento, a Petrobras enviou para a ANP os planos de Desenvolvimento da Produção para os dois campos.

“O sucesso exploratório obtido na área representa o elevado potencial do pré-sal que já começa a contribuir para o crescimento da curva de produção e das reservas de petróleo e gás da companhia”, diz o comunicado.

O Bloco BMS-11 é operado pela Petrobras, com 65% da concessão, em parceria com a britânica BG Group, com 25%, e a portuguesa Galp Energia, com 10%.


Cristiane Ribeiro
Repórter da Agência Brasil
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.