Empresa

Telefônica diz que não vai cobrar multa de quem cancelar o contrato do serviço Speedy
04-07-2009 11:06

Sabrina Craide
Repórter da Agência Brasil


Brasília - A operadora Telefônica não vai cobrar multa por rescisão dos clientes que quiserem cancelar o contrato do serviço de banda larga Speedy nos próximos 90 dias. A empresa decidiu atender à recomendação do Ministério Público de São Paulo sobre a não cobrança da taxa, mesmo quando houver contrato de fidelidade. A medida será implementada a partir da próxima segunda-feira (6).

O MPF também orientou a empresa a não colocar o nome dos clientes no cadastro de restrição a créditos se os débitos tiverem contraídos feitos a partir de abril. A operadora informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que irá tomar todas as medidas recomendadas pelo Ministério Público.

A venda do Speedy foi suspensa pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) por causa das interrupções reiteradas na prestação do serviço.

Edição: Lana Cristina
GUIASJP - Um serviço POW Internet
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.