Segurança

Para dirigir cinquentinhas é preciso habilitação
01-06-2016 13:12

A partir desta quarta-feira (1º), quem dirigir motos até 50 cilindradas – as populares cinquentinhas – deve portar a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), específica para estes veículos, ou a Carteira de Habilitação tipo A, válida para todos as tipos de motos. A exigência passa a valer em todo o Brasil, de acordo com determinação do Conselho Nacional de Trânsito.

O condutor que não tiver o documento comete infração gravíssima, com multa de R$ 191,54, multiplicada por três, totalizando R$ 574,62, conforme determina a legislação.

No Paraná, o Departamento de Trânsito do Estado (Detran) não tem registro de nenhum motorista habilitado na categoria Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC). Apenas dois Centros de Formação de Condutores paranaenses oferecem o curso, em Campo Mourão e em Curitiba.

O coordenador de Habilitação do Detran Paraná, Farid Gelasco, explica que os candidatos optam por fazer o processo de habilitação tipo A, de motos. Hoje, dos 5.064.047 condutores paranaenses, 61.276 são habilitados nesta categoria e 1,5 milhões como AB, de carros e motos.

“Quem tem a CNH na categoria A pode dirigir qualquer tipo de moto, enquanto na ACC só pode conduzir modelos de até 50cc. O preço pago para os exames e emissão do documento é o mesmo, só muda a quantidade de horas/aula. Então muita gente não vê vantagem em optar pela Autorização”, explica ele.

Além dos exames de aptidão física e mental e da avaliação psicológica, que somam R$ 229,11, os candidatos – para todas as categorias de direção – pagam ainda a emissão da CNH (R$ 74,89), o exame teórico (R$ 44,33) e o teste prático de direção (R$ 43,30).

Fonte: AEN
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.