Segurança

Superlotação deixa situação caótica na cadeia de SJP
13-10-2011 09:59

A cadeia de São José dos Pinhais, considerada a carceragem mais problemática de Curitiba e região, mais uma vez sofre com problemas estruturais. Além de ser um prédio antigo, a cadeia está superlotada. 130 presos estão no local, que tem capacidade para 36. Até quarta-feira (12), o número de presos era de 151.

Outro problema é a falta de higiene na cadeia. Segundo denúncias da comissão de direitos humanos, no início de outubro, três presos apresentaram sintomas de tuberculose, mas não foram isolados dos demais detentos e nem foram submetidos a exames.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a prefeitura informou que equipes do Programa de Controle de Tuberculose fariam uma ação na cadeia na segunda-feira (10), porém, foram orientados a adiar a vistoria, já que na madrugada de segunda, houve uma tentativa de fuga.

Na quarta-feira (12), 21 presos foram retirados da carceragem. Dez presos que não possuíam advogado, mas tinham direito a liberdade, foram soltos. Os outros 11 foram transferidos para o Centro de Observação Criminológica e Triagem (COT). Até o final de semana, é esperada a remoção de outros 30 detentos.

Em novembro de 2010, a cadeia de São José dos Pinhais já havia sido interditada pela justiça. Na ocasião, a carceragem abrigava quatro vezes mais presos do que determina sua capacidade. A falta de infraestrutura das instalações também motivou a interdição.

Publicado: GuiaSJP.com - Texto de Departamento de Comunicação - GuiaSJP.com
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.