Serviços Públicos

Comec não descarta abertura do Terminal Afonso Pena
25-11-2015 16:58

Em entrevista ao Guiasjp, o assessor técnico da diretoria de transporte da Comec, Euclides Rovane, não descartou a possibilidade da abertura do Terminal Afonso Pena, em São José dos Pinhais. “Ele pode ser aberto mas a integração com o cartão vai continuar, uma vez que os ônibus municipais utilizam todos o mesmo cartão VEM”, disse o assessor.

Segundo ele, a abertura não prejudicaria os passageiros pois a integração seria feita como acontece hoje nas linhas urbanas, através do cartão-transporte. Atualmente, o usuário pode descer de um ônibus municipal e pegar outro, também urbano, sem pagar nova passagem. A gratuidade é permitida em até uma hora depois do primeiro pagamento, desde que não seja para o mesmo sentido do embarque. Neste caso, o usuário paga apenas R$1,20 pela segunda passagem.

A ideia do órgão é ter um grande eixo metropolitano de transportes, que ligue Curitiba aos municípios da RMC. “Queremos unir todos os municípios da Região Metropolitana, inclusive Curitiba, para que tenhamos um sistema único, juntando todos, uma instituição única, com cartão único, organização e gerenciamento únicos e integração de todos os sistemas. Assim teremos produtividade e bom atendimento a toda população.”

A concretização disso estaria no Estatuto das Metrópoles, que deve ser promulgado em janeiro. “Ele nos dá autoridade e condições para que os municípios, num grande consórcio, se unam para operar não só o transporte coletivo mas outros serviços de interesse comum”, explica.

Como isto será colocado em prática, no entanto, ainda não se sabe. “Formaremos uma comissão com os municípios para definir todas estas coisas.”

INTEGRAÇÃO DA RMC
A integração da RMC já é um assunto antigo, discutido por vários governos e nunca tirado do papel. “Hoje, cada Cidade tem seu sistema, seu cartão, seus passageiros. Temos que primeiro achar uma solução para a integração para só depois unificar”, pondera o assessor.

Questionado sobre o que falta para se chegar a essa solução, Euclides foi claro: “O ponto principal é a falta de acordo”, disse, remetendo aos constantes desacordos entre Comec, URBS e Prefeituras, envolvendo a Rede Integrada de Transporte Metropolitana (RIT/M), que abrange cerca de 5 milhões de passageiros todos os meses.

A VOLTA DO APOLO/CURITIBA
A informação da possível abertura do terminal já tinha sido repassada pela Prefeitura ao Guiasjp, na semana passada, e causou diversas críticas nas redes sociais, levando à organização de um protesto contra as atuais mudanças no transporte coletivo de SJP. (Leia mais sobre a manifestação em matéria do Guiasjp)

As reclamações online da população, por sua vez, já deram resultado. Depois que muitos usuários da linha Apolo/Curitiba reclamaram no site da Prefeitura (na ferramenta 'Fale Conosco'), a Comec decidiu não mais extinguir o ônibus, que continuará operando normalmente. “Apesar de muito pouco utilizada (800 passageiros/dia), como estamos tendo uma manifestação da população, vamos manter essa linha”, garante o assessor técnico da Comec.

Já as linhas Pedro Moro/Prado Velho, Xingu/Curitiba e Independência/Curitiba serão mesmo extintas. Leia amanhã (26), no Guiasjp, as razões dadas pela Comec para o fim destes itinerários, assim como as mudanças anunciadas para outras quatro importantes linhas metropolitanas da Cidade (Braga/Curitiba, Pedro Moro/Boqueirão, Terminal Central/Boqueirão e Colombo/São José).

Veja o que disse a Prefeitura sobre o Terminal!

Publicado: GuiaSJP.com - Jornalista Mauren Luc (Reprodução autorizada mediante citação do GuiaSJP.com)
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.