Serviços Públicos

Passageiros param Terminal Afonso Pena em protesto
30-11-2015 14:48

Dezenas de manifestantes interditaram a saída de ônibus do Terminal Afonso Pena, em São José dos Pinhais, no fim da tarde de sexta-feira (27). O protesto abriu as catracas, atrasou as linhas e causou um congestionamento de três quilômetros na Avenida Rui Barbosa. Apesar da espera, a maioria dos motoristas e passageiros apoiou a manifestação, que durou cerca de duas horas.

Na pauta, mudanças anunciadas pela Comec para o Transporte Coletivo do Município e a abertura do terminal, com o fim da integração. Além disso, os manifestantes protestaram contra a obrigatoriedade do cartão-transporte e a demissão de centenas de cobradores.

“Os cobradores não atuavam só cobrando passagens, mas nos auxiliando com a descida e entrada de passageiros, ajudando idosos e deficientes, acionando o elevador. Eles fazem muita falta pra nós, que estamos sobrecarregados na dupla função”, disse um motorista, que não quis se identificar.

“Queremos chamar a atenção dos responsáveis pois não fomos consultados sobre estas mudanças nem concordamos com elas. Aliás, não fomos nem informados. Colocaram cartazes nos ônibus dias antes e depois ficaram receosos com a má repercussão nas redes sociais. Por isso suspenderam. Mas é tudo manobra política, querem que o povo se acalme para depois mudarem tudo de um dia pro outro; mas nós não vamos parar. Já estamos preparando outra manifestação para quinta-feira (3)”, garantiu uma das líderes do protesto, a estudante universitária Alana Rodrigues.

Com o apoio do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região (Sindimoc), de associações de moradores e do Movimento Passe Livre SJP, a manifestação coletou assinaturas para um abaixo-assinado contra as mudanças, que deve ser apresentado no Ministério Público. “É um direito do usuário reclamar. Se o povo ficar quieto, onde vamos parar”, questionou a turismóloga Flávia Ferreira enquanto esperava o ônibus no terminal parado.

“Fica um pouco difícil para o trabalhador um protesto neste horário pois tem muita gente voltando do trabalho, mas mesmo assim eu concordo pois é um absurdo isso, não fomos informados nem consultados. Fizeram tudo às escuras, em cima da hora, só pra não ter tumulto, mas não adiantou”, reforçou a operadora de caixa Silvana Silveira.

“Infelizmente é um mal necessário mas tivemos grande adesão da população, que apoia nossa causa”, assegurou o diretor do Sindimoc, Pico Pereira.

SUSPENSÃO TEMPORÁRIA
Na véspera do protesto, a Coordenação da Região Metropolitana (Comec) suspendeu as mudanças nas linhas mas o presidente da entidade, Omar Akel, já garantiu que é tudo temporário. “Atendendo a um pedido da prefeitura, que diz que a população não está bem informada sobre as mudanças, resolvemos suspendê-las temporariamente. A partir de agora, vamos fazer um novo cronograma, divulgar ainda mais as alterações, mas como estamos no fim do ano, as mudanças deverão acontecer só em janeiro. (…) O que podemos dizer é que a maioria das alterações será mantida”, afirmou Akel à rádio Banda B.

O Guiasjp procurou a Comec para uma entrevista mas o órgão informou que somente nesta semana falaria sobre a suspensão temporária das mudanças.

Saiba quais as justificativas da Comec para as mudanças!

Publicado: GuiaSJP.com - Jornalista Mauren Luc (Reprodução autorizada mediante citação do GuiaSJP.com)
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.