Turismo

Demanda por voos domésticos cai pelo sexto mês consecutivo
16-02-2016 16:47

A demanda por voos domésticos recuou pelo sexto mês consecutivo em janeiro, ao registrar variação negativa de 4,01% em relação ao mesmo mês do ano passado. Foi o pior desempenho para o mês de janeiro desde 2013, segundo a base histórica da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). A oferta de assentos nos aviões teve queda de 2,38% na mesma base de comparação.

Com demanda e oferta em declínio, a taxa média de ocupação das aeronaves teve redução de 1,41 ponto percentual ante janeiro de 2015, ao se situar em 83,18%. Foram transportados cerca de 9 milhões de passageiros em janeiro, o que representou uma queda de quase 2% na comparação com igual período do ano passado.

“Seguimos não vendo num horizonte próximo uma mudança no ambiente econômico. Foi o sexto mês consecutivo de retração no mercado. Isso é um sinal muito sério, pois tradicionalmente janeiro é um mês aquecido de vendas de passagens”, afirmou o presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), Eduardo Sanovicz.

As quatro maiores companhias aéreas brasileiras registraram crescimento de 7,23% na demanda por voos ao exterior em janeiro, ante igual período de 2015. A oferta de assentos nos aviões teve aumento de 12,06% na mesma base de comparação.

A taxa média de aproveitamento das aeronaves nos voos internacionais teve aumento de 0,89 ponto percentual, ao se situar em 85,25%. O volume de passageiros cresceu 10,64%, ao ficar em 754,7 mil. “Há uma aposta no mercado internacional, numa tentativa de recuperar, em dólares, uma receita que está em queda em reais”, disse Sanovicz.

Fonte: Bem Paraná
GUIASJP - Um serviço POW Internet
POW INTERNET
<

Nenhum item encontrado

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.