Maná da Segunda

Maná da Segunda - 5 Passos Para o Sucesso Segundo Neemias



Por Rick Boxx

As pessoas que vêem a Bíblia estritamente como um livro religioso, deixam de compreender a sua relevância no dia a dia. Ela é um guia bastante prático e de bom senso para qualquer aspecto da vida – inclusive para o mundo profissional e empresarial. Não há melhor exemplo a ser citado do que o do livro de Neemias, no Antigo Testamento. Neemias, conselheiro de confiança do rei persa Artaxerxes no Século V a.C., sonhava com a reconstrução de Jerusalém, que se encontrava reduzida a escombros por mais de 140 anos. O relato de Neemias mostra cinco passos importantes adotados por ele para pavimentar o caminho que levou à restauração da cidade.   

1. Avaliação regada a oração. Saber que Jerusalém estava em ruínas, partiu o coração de Neemias. Ele orou fervorosamente antes de se aproximar do rei e pedir sua permissão para seu projeto de reconstrução. Depois de receber a aprovação, Neemias partiu para Jerusalém e discretamente avaliou os estragos durante três dias antes de adotar qualquer ação.  Neemias 2:13 afirma: “De noite...examinando o muro de Jerusalém que havia sido derrubado e suas portas, que haviam sido destruídas pelo fogo.”  Se você deseja um novo projeto ou quer que sua equipe seja bem-sucedida, comece pela oração, e depois avalie objetivamente a situação. 

2. Uma visão contagiante.  Por cerca de um século e meio ninguém buscara restaurar Jerusalém. Poucas pessoas acreditavam que isso era possível ou mesmo necessário.  Neemias, porém, tinha uma visão muito maior.  Para que ela se tornasse realidade, ele precisava fazer com que os moradores da cidade abraçassem a visão. Ele disse ao povo: “...Vejam a situação terrível em que estamos: Jerusalém está em ruínas, e suas portas foram destruídas pelo fogo. Venham, vamos reconstruir os muros de Jerusalém, para que não fiquemos mais nesta situação humilhante.” (Neemias 2:17). Se você deseja que sua equipe o siga, é crucial que você lhe comunique uma visão contagiante. 

3. Encontre os líderes certos para exercer influência.  Naqueles dias, o sumo sacerdote era muito poderoso. Se aquele líder não participasse do projeto, poucos o fariam. Além do sumo sacerdote, Neemias sabia que os líderes de negócios locais seriam de grande influência. Com a ajuda de Deus, ele tratou de engajar não apenas os líderes de negócios na reconstrução de certas porções do muro, mas ainda convenceu Eliasibe, o sumo sacerdote, a liderar a incumbência. Neemias 3:1 nos diz: “O sumo sacerdote Eliasibe e seus colegas sacerdotes começaram o seu trabalho e reconstruíram a Porta das Ovelhas...”.

4. Forme equipes colaborativas.  Mais de 40 seções do muro em torno de Jerusalém necessitavam de reparos. Cada equipe poderia ter concentrado o foco apenas em seu pedaço do muro, mas sem colaboração, sua seção se tornaria uma ilha que poderia ser facilmente derrubada. Eles precisaram trabalhar juntos para atingir o objetivo maior de reconstruir todo o muro e combater os inimigos. “Daquele dia em diante, enquanto a metade de meus homens fazia o trabalho, a outra metade permanecia armada de lanças, escudos, arcos e couraças...” (Neemias 4:16). Com equipes colaborativas, Neemias venceu a oposição. Se você deseja uma organização forte e bem-sucedida, forme equipes que trabalhem em conjunto.

5. Estimule compromisso e responsabilidade.  Quando chega a adversidade as equipes ou se desfazem ou se tornam mais fortes juntas. Um bom líder reconhece isto e aborda as situações adversas de forma apropriada. Neemias e sua equipe receberam muitas ameaças de morte. É compreensível que estivessem amedrontados. Neemias corria o risco de ficar sem os seus trabalhadores se eles não estivessem fortemente comprometidos. Ele os encorajou dizendo: “Não tenham medo deles. Lembrem-se de que o Senhor é grande e temível, e lutem por seus irmãos, por seus filhos e por suas filhas, por suas mulheres e por suas casas.” (Neemias 4:14). Mais tarde, ele também enfrentou conflitos internos, o que exigiu que seus líderes permanecessem responsáveis segundo os padrões de Deus. Se você quer que seu projeto ou seu negócio alcance sucesso, estimule compromisso e responsabilidade. 

Próxima semana tem mais!

Rick Boxx é presidente e fundador da "Integrity Resource Center", escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de "Momentos de Integridade com Rick Boxx", um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).

Questões para Reflexão ou Discussão  

1.  O que você acha de usar a Bíblia como guia para os assuntos práticos do dia a dia no ambiente profissional e empresarial? Por quê?

2.  Você já adotou a abordagem citada no primeiro passo de Neemias para a reconstrução de Jerusalém (avaliação regada a oração), orando antes de agir? Explique sua resposta.

3.  Como você reage à progressão dos passos que Neemias  seguiu na reconstrução de Jerusalém? Você considera algum deles desnecessário? Por quê?

4.  Por que é tão difícil formar equipes colaborativas com forte comprometimento e prontas para prestar contas de seu desempenho? 

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 27:17; 29:18; Eclesiastes 4:9-12; Filipenses 4:6-7;  1Tessalonicenses 5:17. 


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2017 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL

 

 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.