Maná da Segunda

Maná da Segunda - A Integridade de Pagar as Contas em Dia



Por Jim Mathis

Anos atrás, quando minha esposa e eu estávamos no negócio de revelação de fotografias, recebi uma carta de um alto executivo da Eastman Kodak. Eu estava um pouco nervoso temendo que a Kodak pudesse cancelar nossa conta, já que éramos muito pequenos para uma companhia tão grande. 

Fiquei surpreso ao ler a carta porque ela continha o oposto do que eu esperava. Era uma carta de elogio, agradecendo-nos por pagarmos nossas faturas em dia. Nos  20 anos em que vínhamos fazendo negócios com a Eastman Kodak Company, nunca tínhamos atrasado sequer um dia o pagamento de nossas contas. Aquele nível de comprometimento merecera uma carta pessoal do vice-presidente da companhia. Eu estava satisfeito, mas ainda mais impressionado que alguém da Kodak reconhecesse a nossa confiabilidade financeira e gastasse tempo escrevendo uma carta. 

Nem sempre tenho sido tão fiel no pagamento de minhas contas em dia quanto eu era anos atrás, mas nos últimos meses renovei meu comprometimento em pagar nossas faturas antes de seus vencimentos. 

Todos os negócios são construídos sobre relacionamentos. As pessoas apreciam  fazer negócios com pessoas de quem gostam, inclusive aquelas que estão prontas para cumprir com suas obrigações. Circunstâncias pessoais ou profissionais nem sempre permitem que o pagamento de obrigações financeiras no tempo devido.  Fluxo de caixa, tempos de lentidão na economia e outros fatores inviabilizam nossas melhores intenções. Entretanto, assim como gostaríamos que os outros pagassem o que nos devem prontamente, devemos nos esforçar para fazer o mesmo em relação a eles. Como Jesus disse: “Assim, em tudo, façam aos outros o que vocês querem que eles lhes façam;...” (Mateus 7:12).  Satisfazer obrigações financeiras de forma pontual é uma forma de proporcionar um testemunho silencioso do caráter do Deus que seguimos por fé.  Aqui estão alguns princípios relacionados a isso que a Bíblia nos dá:

Fidelidade nas obrigações, mesmo nas pequenas, qualifica para grandes responsabilidades.  Nós precisamos frequentemente demonstrar que somos confiáveis em pequenos assuntos antes que coisas grandes nos possam ser confiadas. “Quem é fiel no pouco também é fiel no muito, e quem é desonesto no pouco também é desonesto no muito.  Assim, se vocês não forem dignos de confiança em lidar com as riquezas deste mundo ímpio, quem lhes confiará as verdadeiras riquezas?  E se vocês não forem dignos de confiança em relação ao que é dos outros, quem lhes confiará o que é de vocês?”  (Lucas 16: 10-12). 

Pagar as contas em dia proporciona liberdade financeira. O pronto pagamento de obrigações, quando nos é possível assim fazê-lo, minimiza o acúmulo de juros e pavimenta o caminho para conquistar a confiança de nossos fornecedores à medida que a nossa empresa cresce e aumenta a necessidade por recursos. “O rico domina sobre o pobre;  quem toma emprestado é escravo de quem empresta.” (Provérbios 22:7).

O pronto pagamento nos capacitará a nos destacarmos na multidão. Num ambiente em que é tão comum as empresas esperarem até o último momento possível para pagar suas contas, o compromisso de pagá-las prontamente fala muito sobre a integridade da organização e seu pessoal, sejam eles seus proprietários, alto executivos ou empregados. “Sobretudo, meus irmãos, não jurem, nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outra coisa. Seja o sim de vocês, sim, e o não, não, para que não caiam em condenação.” (Tiago 5:12). 

Próxima semana tem mais!

Texto de autoria de Jim Mathis, dono de um Estúdio de Fotografia em Overland Park, Kansas, USA, especializado em trabalhos corporativos, comerciais e artes dramática. Também dirige uma Escola de Fotografia. Jim é autor de "Câmaras de Alto desempenho", livro para pessoas comuns sobre fotografia digital. Foi dono de uma Cafeteria e Diretor Executivo do CBMC, em Kansas City, Kansas, Missouri. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).

Questões Para Reflexão ou Discussão  

Em sua opinião, por que muitas pessoas, nos negócios, não pagam suas faturas em dia? As circunstâncias podem justificar o não pagamento de obrigações financeiras em dia? Explique sua resposta.
Como você geralmente paga suas obrigações: você tenta pagá-las prontamente, sempre que possível? Ou tende a esperar até o último vencimento?
Você concorda que a forma como pagamos nossas contas fala sobre nossa integridade e confiabilidade, bem como de nossa fé e confiança em Deus? Por quê?
Que providências seriam aconselháveis para aqueles momentos em que o pagamento pontual de nossas obrigações financeiras, por alguma razão, não é possível?   

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 10:9;  11:1,3; 15:16;   20:7, 14;  21:5; 22: 26-27;  Colossenses 3:17;  Tiago 2:14-17.  

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Connecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2017 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL

 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.