Maná da Segunda

Maná da Segunda: Atitude Que Faz Diferença



Por Rick Boxx


A atual atmosfera econômica tem reforçado para mim a importância de se ter e manter uma atitude apropriada. Líderes empresariais têm algumas opções a fazer em meio ao turbilhão da economia, podendo escolher participar e contribuir com a recessão, reprimir o crescimento, fazendo cortes ou encarar a crise como uma oportunidade. O futuro desses líderes e suas empresas pode ser de progresso ou de deterioração, dependendo da forma como reagirem, consoante suas atitudes e formas de abordagem.



Do meu ponto de vista, os que estão atravessando melhor a tempestade são aqueles que deixaram de lado preocupações e ansiedade, agarrando energicamente a oportunidade de buscar novos negócios. Em muitos casos o que foi perdido não tem volta, mas ainda resta muito a ser ganho. Na Bíblia, o livro de Filipenses 4.6-7 ensina: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.”



É claro que quando a Bolsa de Valores imita uma montanha russa, a produtividade e as vendas estão em declínio, dizer “Não fiquem ansiosos!” , e ser capaz de colocar de lado toda ansiedade são coisas totalmente diferentes. Mas a chave desse texto bíblico está no foco: somos instruídos a não ficar ansiosos por coisa alguma, mas ao contrário, confiar em Deus e dirigir-Lhe nossas orações, preocupações e pedidos.



A chave é crer e confiar que Deus está no controle e cuida de nossos interesses. Se você não crê nisto fica difícil experimentar “a paz de Deus que excede todo o entendimento”. Afinal de contas queremos entender, queremos saber como o Todo-Poderoso vai fazer para que "todas as coisas cooperem para o bem" dos Seus, especialmente quando as circunstâncias externas fazem isso parecer impossível.



Isso é o que significa andar pela fé: crer mesmo quando as coisas são inacreditáveis; confiar mesmo quando tudo em que depositamos nossa confiança falhou. Um princípio fundamental das Escrituras afirma que Deus é firme e infalível. Em Hebreus 13.5 Ele promete: “Nunca o deixarei, nunca jamais o abandonarei.” Prossegue respondendo: “Podemos, pois, dizer com confiança: O Senhor é o meu ajudador, não temerei. O que me podem fazer os homens?” (Hebreus 13.6).



Por que? Porque dois versículos adiante a Palavra declara: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre” (Hebreus 13.8). Para mim, essa passagem declara que não importa em que situação nos encontremos e quão incertas e adversas as condições econômicas possam se tornar, Deus está no controle e pronto para nos auxiliar em tempos de necessidades.



Em Filipenses, o apóstolo Paulo ressalta a importância da atitude adequada. Depois de exortar-nos a não andar ansiosos, ele escreve: “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas” (Filipenses 4.8).



Se para você tem sido difícil encontrar paz no trabalho ultimamente, pare e considere essas Palavras. Uma atitude positiva, aliada à oração, ação de graças e paz é melhor do que preocupação.



Próxima semana tem mais!


--------------------------------------------------------------------------------

Rick Boxx é presidente e fundador da "Integrity Resource Center", escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de "Momentos de Integridade com Rick Boxx", um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)


--------------------------------------------------------------------------------



Questões Para Reflexão ou Discussão

1. Como você descreve sua atitude diante das dificuldades econômicas que têm nos afetado atualmente?

2. Que acha da sugestão de encarar esse período como tempo de oportunidade, ao invés de seguir os que cortam iniciativas de crescimento e progresso de seus negócios?

3. O autor cita a advertência bíblica: “Não andem ansiosos por coisa alguma”. Você considera isso realista ou possível em tempos caóticos, de grandes incertezas?

4. A discussão sobre atitude apropriada não endossa o “pensamento positivo” que preletores motivacionais e consultores empregam; é, antes, uma chamada para crer e confiar em Deus, em Seu cuidado e providência, mesmo nas situações que se nos deparam no trabalho. Como você reage a essa sugestão?

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Romanos 5:3-5; II Coríntios 4:16-18; I Tessalonissenses 5:16-18.


MANÁ DA SEGUNDA® é uma refelxão semanal do CBMC - Conecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2008 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: liong@cbmc.org.br
Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.