Maná da Segunda

Maná da Segunda - Brilhar como Estrelas no Mercado de Trabalho



Por Rick Boxx

Uma pergunta que ouço frequentemente quando falo sobre fé no mercado de trabalho, não é feita por CEOs – altos executivos que tomam as decisões em suas empresas. Muitas pessoas entendem prontamente como um CEO pode influir nas mudanças dentro de uma organização, mas aquelas que não ocupam essa posição duvidam de sua própria habilidade em promover mudanças onde trabalham, especialmente no que diz respeito a valores baseados na fé e espiritualidade.  

Este modo de pensar, embora compreensível, é desastroso porque pode minar o potencial para uma mudança positiva e genuína. Por minha própria experiência e vivência em consultoria dada a pessoas e organizações de diversas áreas de negócios, descobri que existem possibilidades ilimitadas para que todas as pessoas façam diferença.

Uma pergunta que surge naturalmente de uma afirmação como essa é:  “Como nós podemos fazer essa diferença?” Penso que a melhor forma de começar é considerando duas passagens similares das Escrituras – uma do Antigo Testamento e a outra do Novo Testamento. Ambas falam sobre pessoas de fé “brilhando como estrelas” no ambiente que as cerca.  

Daniel, em seu profético livro, fala sobre “...um tempo de angústia como nunca houve desde o início das nações até então.”  Mas, a seguir, o texto declara: “Aqueles que são sábios reluzirão como o fulgor do céu, e aqueles que conduzem muitos à justiça serão como as estrelas, para todo o sempre.” (Daniel 12:1-3). 

A outra passagem, no segundo capítulo de Filipenses, nos lembra:“...é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dEle.” O texto afirma claramente que onde quer que vamos e o que quer que façamos – mesmo no ambiente de trabalho – podemos ser usados por Deus para cumprimento dos Seus planos. Então, somos instruídos: “Façam tudo sem queixas nem discussões, para que venham a tornar-se puros e irrepreensíveis, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e depravada, na qual vocês brilham como estrelas no universo.” (Filipenses 2:13-15).  

Trabalhamos e vivemos em tempos turbulentos; por vezes, as coisas nos parecem sombrias e desanimadoras. “Onde está Deus em tudo isso?”, podemos imaginar. É em tempos assim que temos a oportunidade de fazer o que as Escrituras dizem: “brilhar como estrelas no universo” a fim de iluminar as trevas opressivas.  

Pense nisso da seguinte maneira: Em um aposento grande e bem iluminado, uma lâmpada de poucos volts ou uma vela fazem pouca diferença diante do quão brilhante o recinto se apresenta. Entretanto, quando as luzes são apagadas e todas as outras fontes de iluminação são eliminadas, a pequena lâmpada ou a vela repentinamente parecem brilhar fulgurantes, atraindo-nos para elas. De igual modo, se nos encontramos trabalhando em ambientes de trevas espirituais, podemos pedir a Deus que providencie maneiras pelas quais possamos “brilhar como estrelas” e fazer uma diferença muito além do que poderíamos imaginar.  

O escritor C. S. Lewis escreveu: “Eu creio no cristianismo assim como creio que o sol se levantou. E não apenas porque eu o vejo, mas também porque com ele posso ver todas as outras coisas.” Esta é uma declaração profunda, e nós, como embaixadores de Jesus Cristo no mercado de trabalho, deveríamos orar, como consta em II Coríntios 5:20, para que outros, observando nossa vida e nos ouvindo falar sobre o que cremos e porque, também sejam capazes de ver Jesus.  

É importante lembrar que os caminhos de Deus não são convencionais.  Quando nós adotamos Seus caminhos e servimos como exemplo deles nos lugares onde trabalhamos, nossas ações se destacam para outras pessoas.  À medida que o Senhor trabalha em nós e através de nós, geralmente de maneiras inesperadas, elas irão ver a diferença. Com o tempo, Ele nos dará a oportunidade de revelar Jesus Cristo, “a luz do mundo” (João 9:5) para os que estão à nossa volta. 

Próxima semana tem mais!

Rick Boxx é presidente e fundador da "Integrity Resource Center", escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de "Momentos de Integridade com Rick Boxx", um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã.  Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2019 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL

Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. Você acredita que pessoas, mesmo não sendo altos executivos, possam fazer diferença significativa no ambiente de trabalho, especialmente ajudando a estabelecer um foco espiritual na maneira como o trabalho é feito ou os serviços fornecidos? Por quê?

2. Como as pessoas podem fazer esse tipo de diferença, mesmo não sendo tomadores de decisões?

3. O que você pensa da ideia expressa na Bíblia sobre “brilhar como estrelas” no mundo ao nosso redor, inclusive nos lugares onde trabalhamos?

4. Se você tomar a decisão de estar entre aqueles que brilham como estrelas em suas empresas e organizações, de que formas se esforçaria para fazer isso?

Nota.:  Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Mateus 5:14-16; João 1:4-9; 3:19-21; 8:12; 12:45-46. 


 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.