Maná da Segunda

Maná da Segunda - Confiando na Direção de Deus Sempre



Por Rick Boxx

Quando Larry era CEO de uma companhia de sistemas de informação, uma pessoa abriu um processo judicial injustificado contra a empresa. Ao longo do tempo, embora a companhia de Larry fosse inocente de qualquer malfeito, muitas pessoas recomendaram insistentemente que ele fizesse um acordo. Elas argumentavam que os custos com a montagem de uma defesa, mesmo injustificada, assim como o tempo que a defesa do caso exigiria, tornavam um acordo extrajudicial o curso de ação mais razoável.

Ao invés de ceder àquelas recomendações, Larry orou pedindo sabedoria e direção. Quando fez isso, Deus deu a Larry a convicção de que ele deveria defender a companhia, que era inocente, e não fazer um acordo. O prolongado processo judicial de fato custou milhões de dólares em taxas legais, mas ao final, a inocência da companhia foi provada e ela ficou livre das alegações injustificadas.

Nesse meio tempo, Deus abençoou e prosperou a empresa de tal forma que, em comparação, as taxas legais se tornaram insignificantes. Refletindo retrospectivamente sobre aquele período problemático e estressante, Larry concluiu que o fato de sua companhia haver prosperado em meio a tão grande adversidade refletia o favor de Deus por causa da obediência.

Repetidas vezes nas Escrituras nós lemos que deveríamos buscar o conselho inspirado por Deus quando confrontados por decisões difíceis de tomar. Por exemplo, Provérbios 15:22 declara: “Os planos fracassam por falta de conselho, mas são bem-sucedidos quando há muitos conselheiros.” Isso, porém, não garante que todo conselho que recebemos seja necessariamente correto. Precisamos consultar o Senhor diretamente, e quando Ele nos guia por caminhos contrários aos conselhos que recebemos, precisamos fazer o que Ele nos instruiu.

Amigos chegados e confiáveis são um bem inestimável, sem dúvida, mas eles não podem jamais substituir ou suplantar o conselho dAquele em quem devemos confiar acima de tudo. Jesus falou a Seus seguidores e admoestou-os sobre a importância de permanecer perto dEle: “Se vocês permanecerem em Mim, e as Minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem e lhes será concedido.” (João 15:7). A Bíblia frequentemente ressalta a importância de ter confiança total em Deus:

Confiar mesmo quando não entendemos. Às vezes, Deus nos leva a agir contra a nossa intuição, como Larry o fez ao rejeitar a recomendação de fazer um acordo no processo. “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e Ele endireitará as suas veredas.” (Provérbios 3:5-6).

Confiar mesmo quando tememos um desastre. As emoções nos levam a buscar as soluções mais rápidas e aparentemente mais fáceis para problemas que nos pressionam. Entretanto, crer que Deus quer o melhor para nós deveria nos encorajar a olhar para Ele, e não para as nossas circunstâncias. “Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.” (Jeremias 29:11).

Confiar mesmo quando o caminho de Deus não parece ser prático. Se Deus o está levando a tomar uma posição, confie nEle, mesmo que outros discordem. “Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nEle, e Ele agirá: Ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente.” (Salmos 37:5-6).

Próxima semana tem mais!

Rick Boxx é presidente e fundador da "Integrity Resource Center", escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de "Momentos de Integridade com Rick Boxx", um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto.

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2019 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL

Questões Para Reflexão ou Discussão

1. Você entende por que as pessoas incentivaram Larry a buscar um acordo, mesmo que sua companhia não tivesse feito nada errado? Em sua opinião, por que elas recomendaram esse curso de ação a ele?

2. É fácil ou difícil tomar decisões contrárias aos conselhos aparentemente bem-intencionados das pessoas que nos cercam? Explique sua resposta.

3. Larry orou e sentiu que Deus o levava a agir de modo contrário aos conselhos que tinha recebido. Já aconteceu algo semelhante com você? Como você fez para buscar a sabedoria e a vontade de Deus em relação ao desafio que estava enfrentando?

4. Como é “não se apoiar em seu próprio entendimento”, como diz Provérbios 3:5-6? Você já agiu assim, mesmo que com relutância? Descreva a situação e seu resultado. O que você aprendeu com ela?

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Salmos 37:1-7; Provérbios 11:14; 12:5; 12:26; 18:24; 19:20; 24:5-6.

 

 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.