Maná da Segunda

Maná da Segunda: Coração e Negócios



Por Robert J. Tamasy



“Quem quebrou seu coração, Pop?” – escutei ao atender o telefone. Minha neta Avery de quatro anos, que me chama de “Pop”, soube pela mãe dela e minha filha, que os exames mostraram que meu coração estava “quebrado” e precisaria ser “consertado” bem depressa.



Para ser franco, aquelas palavras partiram meu coração. Avery, uma garotinha linda e esperta que me enche de alegria sempre que estamos juntos, por si só já é uma destruidora de corações - no bom sentido! Ainda estava vacilante diante da inesperada notícia que havia recebido naquele mesmo dia, pensando no quanto gostaria de presenciar Avery crescer e atingir a maturidade.



Não estou escrevendo isto para discorrer sobre os males que me afligiram. Eles estarão resolvidos de uma forma ou de outra, quando este Maná circular. Contudo, me ocorre que o coração é também assunto importante para o mundo profissional e de negócios.



No ambiente pragmático que vivemos, girando em torno de lucros e perdas, e onde as coisas precisam ser feitas “para ontem”, geralmente deixamos a razão governar, evitando tudo que seja emoção ou sentimento. É comum tratar empregados como peões ou ferramentas, ao invés de enxergar neles indivíduos dotados de talentos e habilidades, com valores e necessidades únicos.



Nos últimos anos, expertos em negócios começaram a escrever sobre inteligência emocional, definida como capacidade ou habilidade de perceber, avaliar e administrar as próprias emoções e as de outras pessoas ou grupos. Em outras palavras: o reconhecimento do valor de se trazer o coração para o ambiente de trabalho. Este não é um conceito novo, mas que está ainda sendo redescoberto. O livro de Provérbios, com seus textos milenares, mas, sempre oportunos, tem muito a dizer sobre o coração e seu papel no trabalho e atividades diárias.



. Agir tanto com o coração quanto com o cérebro. Somos inclinados a requerer dados e suporte factual para tudo quanto fazemos, mesmo nas relações de negócios. Frequentemente, entretanto, as melhores decisões nos negócios são tomadas, quando não podem ser apoiadas por provas, de forma quantitativa ou mensurável. Por vezes, temos de confiar em poderes que estão além dos nossos. “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e Ele endireitará as suas veredas” (Provérbios 3.5-6).



. O coração influencia a saúde. Ter coração, atitudes e motivos corretos, aumenta a probabilidade de se ter um corpo sadio. “O coração em paz dá vida ao corpo, mas a inveja apodrece os ossos” (Provérbios 14.30).



. Os maiores desafios no ambiente de trabalho envolvem o coração. O que fazemos, tanto no trabalho quanto no lar e na vida pessoal é importante, mas ainda mais significativo é o motivo que nos move, e que é determinado pelo coração. “O crisol é para a prata e o forno é para o ouro, mas o Senhor prova o coração” (Provérbios 17.3).



. Protegendo os motivos do coração. Um coração corrupto ou acomodado pode nos levar a agir e tomar decisões que, no fundo, reconhecemos ser erradas ou antiéticas. O momento para se treinar o coração para sempre escolher o certo, é antes que surjam crises ou tentações e não em meio a elas. “Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida” (Provérbios 4.23). “Todos os caminhos do homem lhe parecem justos, mas o Senhor pesa o coração” (Provérbios 21.2).



. O coração revela o verdadeiro “eu”. Podemos nos disfarçar, ocultando-nos atrás de uma fachada de sinceridade e autenticidade, mas se nosso coração não estiver no lugar correto, cedo ou tarde a verdade será revelada. “Assim como a água reflete o rosto, o coração reflete quem somos nós” (Provérbios 27.19).



Próxima semana tem mais!


--------------------------------------------------------------------------------

Texto de autoria de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Georgia, USA. Veterano com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros. Recentemente colaborou com David A. Stoddard em "The Heart of Mentoring: 10 Proven Principles for Developing People to Their Fullest Potential" (A Essência de Mentorear: 10 Princípios Provados Para o Desenvolvimento Pessoal em Todo o Seu Potencial" e, com Ken Johnson, “Pursuing Life With a Shepherd’s Heart” (Vivendo Com um Coração de Pastor). Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes.


MANÁ DA SEGUNDA® é uma edição semanal do CBMC INTERNATIONAL, uma organização de âmbito mundial, não-denominacional, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial.

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL , CP. 1515, Barueri, SP, 06493-970. E-mail: mana@cbmc.org.br -A

Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.