Maná da Segunda

Maná da Segunda - Feitos Para Adorar - Até no Trabalho



Por Jim Mathis

Parece que o ser humano está destinado a adorar alguma coisa, mesmo dentro do contexto da vida profissional. Aparentemente é preciso ter um objeto para depositar nossa afeição para que sejamos inteiros, completos. Algumas pessoas adoram os esportes ou um esporte, um time ou um jogador em particular. Conhecem todas as estatísticas e dedicam incontáveis horas e quantias significativas para acompanhar seus times. A linha divisória entre fã dedicado e ardente adorador desaparece facilmente.

Outras pessoas adoram música, colocando num pedestal sua banda ou artista favorito. Algumas pessoas adoram um partido político ou uma causa. Outras adoram uma carreira, como a militar, ou um símbolo, como uma bandeira, e honram seu objeto de adoração. O nacionalismo, que é a adoração de um país considerando-o superior às demais nações, tem gerado problemas reais em alguns lugares, inclusive em meu país natal. 

Para muitos empresários, seu trabalho se torna objeto de adoração. Dedicam quantidade excessiva de tempo à sua empresa ou profissão, à custa da família, amigos, da saúde e especialmente Deus.

Às vezes adoramos o dinheiro ou sua aquisição, esquecendo-nos que o dinheiro foi planejado para ser uma ferramenta, não um “deus”. Esse é um dos motivos por que Jesus tenha dito: “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro.  Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro” (Mateus 6:24).  Ele estava afirmando que não podemos crescer espiritualmente se o dinheiro disputar com Deus, nosso tempo, energia e reverência. 

Mesmo no cristianismo a adoração pode assumir diversas formas, desviando nossa atenção da dedicação ao único e verdadeiro Deus. Tem gente que adora uma ordem ou estilo de culto, ou até mesmo a Bíblia, colocando-a acima do Deus cuja história ela conta. Outras adoram seu cônjuge, confundindo tal adoração com o amor e afeição normais. 

Desde o início Deus sabia que isso seria um problema. Ele colocou dentro de nós um desejo de adorar, mas quando Ele entregou os Dez Mandamentos a Moisés, deixou claro que somente Ele deveria ser o foco de nossa adoração. O primeiro mandamento que Ele deu dizia: “Eu sou o Senhor, o teu Deus... Não terás outros deuses além de Mim” (Êxodo 20:2-3). 

A Bíblia, A Mensagem, expressa Êxodo 20:3-6 desta maneira:  “Não tenham outros deuses além de Mim. Não tenham deuses esculpidos de nenhum tamanho ou forma nem com aparência de coisa alguma, seja de coisas que voam, seja de coisas que andam, seja de coisas que nadam. Não se curvem a elas nem as sirvam, pois sou o Eterno, o Deus de vocês, e sou um Deus ciumento, que pune os filhos pelos pecados dos pais até a terceira e quarta gerações dos que Me odeiam. Mas sou leal a milhares que Me amam e guardam Meus mandamentos.”

Ao ler o relato bíblico sobre a entrega dos Dez Mandamentos, descobrimos que quando Moisés voltou da montanha com os mandamentos, os israelitas já tinham feito um bezerro de ouro para adorar. Não foi preciso muito tempo para abandonar o objeto de sua adoração e se dividirem. 

Nós temos a necessidade de adorar alguma coisa. A pergunta a fazer é: o objeto de nossa adoração verdadeiramente merece nossa devoção e dedicação?  Ele é um “deus” que jamais falhará conosco? Pela minha experiência, existe apenas um, o Deus que disse: “Nunca o deixarei, nunca o abandonarei” (Hebreus 13:5).  Que outro “deus” pode dizer isso?

Próxima semana tem mais!

Texto de autoria de Jim Mathis, dono de um Estúdio de Fotografia em Overland Park, Kansas, USA, especializado em trabalhos corporativos, comerciais e artes dramáticas. Também dirige uma Escola de Fotografia. Jim é autor de "Câmaras de Alto desempenho", livro para pessoas comuns sobre fotografia digital. Foi dono de uma Cafeteria e Diretor Executivo do CBMC, em Kansas City, Kansas, Missouri. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).

Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. Como você define adoração? Em sua opinião, adoração é uma prática estritamente religiosa ou envolve outros aspectos da vida? 

2. Que tipo de coisas você tende a adorar?

3. Como ordenar nossa vida para eliminar outros “deuses” ou impedir que eles se insinuem?

4. Em sua opinião, como a adoração afeta a forma como você aborda sua carreira ou o seu trabalho no dia a dia?

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Êxodos 20:5; 23:24-26; 2Reis 17:36-39;  Salmo 29:1-2; Mateus 4:8-10; Lucas 4:5-8. 

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2017 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL

 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.