Maná da Segunda

Maná da Segunda - Influência Positiva



Por Jim Langley

?Anos atrás participei de uma conferência em que o principal palestrante era o Dr. Tim Elmore, autor de best-sellers, orador internacional e presidente fundador da Growing Leaders, organização sem fins lucrativos que auxilia líderes emergentes, acreditando que cada pessoa nasce com qualidades de liderança. Elmore apresentou nove princípios que ele considera fundamentais ao processo de mentoreado, conceitos que todos nós deveríamos considerar quando ajudamos homens e mulheres jovens a crescer na espiritualidade através de Influência Positiva. Ele começou com um acrônimo para explicar o processo: I-N-F-L-U-E-N-C-E (influência em inglês). Gostaria de rever brevemente esses conceitos como ele os apresentou: 

Em primeiro lugar, faça um investimento Intencional nas vidas daqueles que Deus coloca sob sua tutela. Precisamos fazer depósitos nessas vidas, assim como o Paulo fez na vida de seu pupilo Timóteo. O CBMC desenvolveu a “Operação Timóteo”, uma excelente ferramenta para promover o crescimento espiritual em outras pessoas. Em 2Timóteo 2:2 Paulo escreveu: “E as palavras que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie-as a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar outros.” 

Depois, devemos ser Naturais e autênticos em nossa abordagem quando nos encontramos com aquelas pessoas que Deus coloca em nosso caminho. Não precisamos impressioná-las com nosso conhecimento bíblico ou realizações seculares. O que elas precisam é sentir nossa disponibilidade para ajudá-las à medida que avançam em sua jornada de vida. 

Nossa Fé precisa ser evidente e real.  Devemos não apenas demonstrar nossa fé em Cristo, mas também mostrar fé nas pessoas que estamos mentoreando. Devemos “esperar o melhor” de cada pessoa e crer que Deus certamente trará à tona o melhor quando investimos naqueles que estão seriamente desejando crescer em Cristo. 

Devemos desenvolver nossas habilidades para Ouvir (Listening, em inglês) para conquistar o direito de falar a outras pessoas. Em certo sentido, homens e mulheres jovens são “alunos” que Deus colocou em nossa vida para que lhes prestemos assistência numa jornada repleta de “perigos, labutas e armadilhas” como expressa o hino Maravilhosa Graça.

Cada pessoa que mentoreamos é única e  devemos procurar Entender  (Understand, em inglês) a ela e ao lugar onde sua jornada a trouxe. Deus fez todos nós diferentes e com experiências distintas, e uma aproximação que coloca todos na mesma fôrma pode não funcionar eficientemente. 

Elas vão precisar de muito Encorajamento para vencer os obstáculos que podem impedi-las de atingir todo o seu potencial como seguidoras de Jesus Cristo. Hebreus 10:24-25 diz: “...Consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras...procuremos encorajar-nos uns aos outros”.

Também devemos ajudá-las a Navegar em meio às voltas e reviravoltas de suas jornadas, às vezes, servindo-lhes de bússola para guiá-las pela trilha correta e impedir que sejam desviadas por influências incrédulas. 

É fundamental demonstrar uma sólida Preocupação (Concern, em inglês) com o seu bem-estar. Eles precisam ver e experimentar nosso constante cuidado com seu crescimento em Cristo, mostrando-nos disponíveis quando estiverem lutando com muitas questões, especialmente no início da jornada. Em 1Tessalonicenses 2:7-8,   Paulo escreve sobre serem “bondosos quando estávamos entre vocês, como uma mãe que cuida dos próprios filhos. Sentindo, assim, tanta afeição por vocês, decidimos dar-lhes não somente o evangelho de Deus, mas também a nossa própria vida.” 

Precisam sentir nosso Entusiasmo em tudo o que dizemos e fazemos. Se não podemos nos sentir empolgados pelo nosso relacionamento com Cristo, então provavelmente não estamos preparados de forma apropriada para mentorear um novo seguidor que realmente deseja conhecer Cristo intimamente. O processo de discipulado precisa ser levado com seriedade e entusiasmo. 

Próxima semana tem mais!

Texto de autoria de Jim Langley, agente e perito em seguros de vida (CLU), da New York Life, desde 1983. Membro ativo do CBMC Santa Bárbara, Califórnia, desde 1987. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com)

Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. Até este momento, quem foi a pessoa (ou pessoas) que mais influenciou você profissional e espiritualmente? Como exerceram essa influência?

2. Qual dos pontos mencionados sobre como influenciar outros é mais importante para você?

3. Por que você acha que “ouvir” é citado como um aspecto importante para influenciar efetivamente outras pessoas?

4. Cuidado e preocupação são mencionados como elementos fundamentais do processo de influenciar pessoas no relacionamento de mentoreado. Eles não possuem conhecimento e perícia suficientes?

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Mateus 28:18-19; Efésios 4:14-16; Colossenses 1:9-12; 2Tessalonicenses 1:3-4; 2Pedro 3:17-18. 

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2018 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL


 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.