Maná da Segunda

Maná de Segunda: Lixo Entrando, Lixo Saindo



Por Robert J. Tamasy



Quando o computador pessoal ainda era uma novidade, era normal ouvir o ditado: “Lixo entrando, lixo saindo”. Queria dizer que, se dados errados fossem inseridos em um computador, a informação que ele forneceria seria igualmente errada. Embora atualmente não ouçamos mais essa frase, o princípio ainda é verdadeiro. Em vários sentidos nosso cérebro opera de maneira similar ao computador: o que ela produz é reflexo do que entrou nela.



Nossa mente é bombardeada e alimentada hoje, por um suprimento inesgotável de más informações. As notícias diárias já são suficientes para levar nossos pensamentos para o campo da

negatividade. São relatórios sobre problemas econômicos, ameaças terroristas, guerras e conflitos, ameaças à saúde, intermináveis batalhas políticas. O cinismo e o negativismo dominam as transmissões da mídia. Parece que todo mundo está furioso com todo mundo.



O ambiente de trabalho também pode transformar-se em terreno propício para proliferação de pensamentos que tendem a acentuar o negativo e eliminar o que é positivo: rumores, mexericos, inveja, competição desmedida, habilidade em promover animosidade e desânimo, mesmo em meio às situações mais positivas. O que podemos fazer, cercados por tantas influências prejudiciais, para impedir que esse “lixo” entre em nossos "computadores" cerebrais e saia novamente? A Bíblia nos oferece algumas sugestões:



. Proteger nossa mente. Os pensamentos e ideias com que alimentamos nossa mente moldam nossas convicções, valores e, em última análise, nossa maneira de ver o mundo. Precisamos evitar que nossa mente acolha e aceita informações improdutivas. “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida” (Provérbios 4.23).



. Encher nossa mente com pensamentos positivos e produtivos. Conscientemente podemos filtrar o conteúdo do que entra em nossa mente, concentrando nosso foco em fontes que sejam benéficas e moralmente elevadas e evitando as que tendem a destruir ou diminuir a nós mesmos e aos outros. “Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai” (Filipenses 4.8).



. Treinar nossa mente para liberar informações proveitosas. Precisamos ter consciência que o que dizemos e escrevemos influencia outras pessoas e vice-versa. “Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem” (Efésios 4.29).



Podemos viver em um ambiente negativo, mas isso não pode nos controlar. Como diz um antigo ditado: "Não podemos evitar que os pássaros voem por cima da nossa cabeça, mas podemos impedi-los de fazer ninhos no nosso cabelo!"



Próxima semana tem mais!


--------------------------------------------------------------------------------

Texto de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Georgia, USA. Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros.Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)
MANÁ DA SEGUNDA® é uma refelxão semanal do CBMC - Conecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2008 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, inglês, italiano e japonês.
Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.