Maná da Segunda

Maná da Segunda -> Valorizando os Colaboradores



Por Rick Boxx

O coautor de As Cinco Linguagens da Valorização Pessoal no Ambiente de Trabalho, Dr. Paul White, descobriu em sua pesquisa que 51% dos gestores acreditavam estar sendo eficientes em mostrar reconhecimento aos colaboradores por um trabalho bem realizado. Contudo, apenas 17% disseram achar que seus superiores reconheciam seus esforços devidamente.  É compreensível que essa diferença de opinião, tanto na percepção quanto na prática, possa causar insatisfação no ambiente de trabalho e resultar em baixa produtividade e disposição de ânimo. A culpa, porém não recai inteiramente nos ombros dos grandes executivos e gestores. Dr. White afirmou que seus estudos revelaram outras razões para essa diferença, que incluem 
1- as pessoas tendem a recordar mais os comentários negativos do que os positivos, 
2-  outras não podem ou não recebem elogios muito bem.

Entretanto, isso não livra os gestores da responsabilidade e do privilégio de recompensar verbalmente o trabalho árduo de colaboradores valiosos. Podemos receber elogios e expressões de apreço de formas diferentes, mas todos precisamos deles de tempos em tempos. 

Algum tempo atrás ouvi de um líder que foi informado por uma liderada que ele raramente fazia comentários positivos sobre trabalhos bem feitos, mas que era rápido em destacar os que não atingiam suas expectativas. “Eu gostaria que você me informasse quando achar que fiz algo bem feito”, afirmou a colaboradora. “Eu nunca fui esse tipo de pessoa”, respondeu o executivo, “por isso, quando eu não disser nada, presuma que está tudo bem.”  Desnecessário dizer que ela não achou muito encorajadora a reação de seu líder. Na verdade, isso fez com que ela se sentisse ainda mais desconsiderada e não valorizada. 

A Bíblia fala sobre a importância de palavras positivas e de reconhecimento ditas aos outros. Vejamos alguns exemplos: 

1- Palavras que edifiquem. Todos nós sabemos o quanto é estressante e exigente o mundo empresarial e profissional. É um ambiente cheio de pessoas desanimadas e desestimuladas. Será um tempo bem aproveitado parar e especificamente elogiar com sinceridade alguém que o mereça. “Por isso, exortem-se e edifiquem-se uns aos outros, como de fato vocês estão fazendo”(1Tessalonicenses 5.11).

2- Palavras que motivem. Às vezes, palavras de encorajamento e apreço não apenas elevam o espírito, como também motivam as pessoas a trabalhar com mais empenho e entusiasmo. Não devemos usar palavras para manipular o comportamento de outras pessoas, mas não é errado procurar inspirá-las a alcançar maiores realizações. “E consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras” (Hebreus 10.24). 

3- Palavras que beneficiem. Geralmente não sabemos o que está acontecendo na vida pessoal de outra pessoa. Palavras gentis e oportunas podem fazer grande diferença de diversas maneiras.“Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça (beneficie) aos que a ouvem”  (Efésios 4.29).  

 

Próxima semana tem mais!    

Rick Boxx é presidente e fundador da 'Integrity Resource Center', escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de 'Momentos de Integridade com Rick Boxx', um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã.
Tradução deMércia Padovani.
Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes

Questões Para Reflexão ou Discussão  
1.  Como gestor, você está reconhecendo o trabalho bem feito de membros de sua equipe? E o seu líder mostra que valoriza seu trabalho? 
2.  Já recebeu palavras de estímulo e de elogios? Qual foi o impacto sobre você e na sua forma de abordar o trabalho que estava realizando?  
3.  Qual a causa da disparidade entre a percepção que os gestores têm sobre sua eficiência em reconhecer um bom trabalho e a forma como os colaboradores sentem que não estão sendo valorizados? 
4. É possível distinguir entre elogio e valorização sinceros e a tentativa de bajulação ou manipulação, por meio de coisas agradáveis que são ditas, mas não são autênticas? 

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 10.20-21,32; 12.14; 15.4; 17:27; Tiago 1.19; 3.5-12

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2008 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL

 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.