Maná da Segunda

Maná de Segunda: Natal e Satisfação, Estranha Combinação



Por Robert J. Tamasy



Natal é um feriado incomum com significados diferentes para diferentes pessoas. É a celebração do nascimento de Jesus Cristo descrito na Bíblia como a Palavra, o Cordeiro de Deus, o Único Filho de Deus, o Pão da Vida, o Bom Pastor, o Caminho, a Verdade e a Vida, a Videira. É também um feriado cívico quando se desfruta de uma pausa do trabalho, lojas e repartições públicas. Escolas também fecham e estudantes e professores têm uma trégua tão necessária dos rigores do aprendizado. No trabalho festas e amigo secreto comemoram a data.



Na esfera empresarial, especialmente no varejo, natal representa o período do “tudo ou nada”, com um a dois meses de compras, em que mais de 50% das vendas acontecem. É quando estratégias de marketing tornam indistinta a diferença entre “precisar” e “querer”. Em nome do crescimento econômico nos é dito que “precisamos” de um monte de coisas supérfluas, mesmo que já tenhamos o bastante.



Satisfação e natal não deveriam coexistir. Os marqueteiros gostariam que o período de natal se transformasse no "Inverno do Descontentamento", tomando emprestado o título do romance de John Steinbeck. É tempo para concentrarmos o foco em "receber" e "dar". É interessante observar que a Bíblia fala diretamente sobre isso, elogiando a busca ativa por satisfação, em um mundo em que parece natural, até mesmo preferível, se sentir insatisfeito. Eis o que diz I Timóteo 6:



. As virtudes da satisfação. Pense nisso: nunca vemos caminhões de mudança participando de cortejos funerários. Sejam quais forem as posses que tenhamos, elas ficarão para trás quando morrermos. Portanto, a questão não é o acúmulo de bens, mas a recompensa por fazer o bem. As “coisas” que desejamos tão desesperadamente durante nossa vida deixarão de ter valor na morte.

Tudo o que vai importar são nossos relacionamentos, o tipo de legado que forjamos em nossa vida e, em última instância, o que podemos esperar depois da morte. “De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro, pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar; por isso, tendo o que comer e com que vestir-nos, estejamos com isso satisfeitos” (I Timóteo 6. 6-8).



. Os perigos da insatisfação. “Quanto é o bastante?”, perguntou-se a um rico empresário. “Só um pouquinho mais”, foi sua resposta sincera. Entretanto, viver de acordo com essa filosofia é enganador. Na busca por “mais”, freqüentemente deixamos de apreciar o que já temos e o que já alcançamos. Dinheiro e coisas materiais por si mesmos não são nem bons nem maus, mas a fixação doentia em adquiri-los, às custas de tudo e de todos, pode ser catastrófica. “Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos” (I Timóteo 6.9-10).



Próxima semana tem mais!


--------------------------------------------------------------------------------

Texto de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Georgia, USA. Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros.Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)


MANÁ DA SEGUNDA® é uma edição semanal do CBMC INTERNATIONAL, uma organização de âmbito mundial, não-denominacional, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL , CP. 1515, Barueri, SP, 06493-970. E-mail: liong@cbmc.org.br -A distribuição em sua íntegra é desejável, mas a reprodução parcial ou integral requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês e italiano.

Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.