Maná da Segunda

Maná da Segunda - O Poder de Ouvir



Por Jim Mathis

Quando minha esposa e eu vendemos nosso laboratório de fotografia em 1996 e nos juntamos à equipe do CBMC, meu consultor, Ted Hubbard, Juiz na Inglaterra, nos propôs um plano de cinco anos. Ele nos deu alguns conselhos prudentes, recomendando que não fizesse nada no primeiro ano, a não ser ouvir, encontrando-me com o maior número de pessoas possível e ouvisse o que tinham a dizer. 

No segundo ano Ted disse que eu deveria fazer o mesmo, mas formulando indagações mais profundas. No terceiro ano ele sugeriu que eu deveria começar a formar um quadro do que as pessoas haviam dito.  O quarto ano deveria ser tempo para começar a fazer planos, aconselhou Ted, e então colocar o plano em ação no quinto ano.  

Para muitos de nós no mercado de trabalho isso parece contra-intuitivo. Precisamos fazer algo e já! Mas descobri que há muita sabedoria no que Ted me aconselhou fazer.

O que ouvi com mais frequência durante os três primeiros anos foi que as pessoas estavam solitárias. Precisavam de um lugar onde pudessem simplesmente “passar um tempo”, sem responsabilidades ou expectativas. Queriam um lugar para se reunir com os amigos, onde conversas sobre assuntos como espiritualidade, cultura, arte e música fossem estimuladas. Resumindo, um local de encontro que se tornasse o centro da comunidade e servisse como fonte de luz para a área adjacente. 

Essa ideia levou-nos a abrir o Homer’s Coffee House em 2001. Dezessete anos depois, ele ainda permanece forte. Muitas pessoas dizem que Homer’s foi um catalisador para a mudança que aconteceu no centro da cidade de Overland Park. A área viu um crescimento positivo explosivo, grande parte motivado pelas pessoas que se encontravam na cafeteria e discutiam o que esperavam para o futuro. 

Em 2008, quando passamos a liderança da Homer’s para outro casal, eu voltei ao ramo fotográfico e novamente recorri ao conselho de Ted sobre ouvir. Aprendi que as pessoas amam fotos antigas e queriam alguém para cuidar e restaurar suas fotos desbotadas e danificadas. Hoje, grande parte do meu negócio consiste no restauro de fotografias.   

Penso nesse processo de “ouvir e esperar” quando ouço falar de empresas que contratam novos gerentes, presidente ou CEO, esperando mudanças imediatas. Se falharem em dar início a grandes mudanças em seis meses, estarão demitidos. Uma efetiva liderança inclui ouvir e cuidar de pessoas. Poderíamos chamar isso de “ouvidoria”. Aqui estão alguns princípios extraídos da Bíblia que falam sobre ouvir:

A arte sublime do silêncio. É difícil ouvir as pessoas quando não paramos de falar.  “Quando são muitas as palavras, o pecado está presente, mas quem controla a língua é sensato” (Provérbios 10:19). 

Falar e ouvir sem pressa.  Uma das razões de termos problemas em ouvir é estarmos focados no que pretendemos responder em seguida. Quando ouvimos atentamente, podemos descobrir que o que pretendíamos falar estava errado ou, perceber que não precisamos acrescentar mais nada. “Sejam todos prontos para ouvir, tardios para falar e tardios para irar-se” (Tiago 1:19). 

Dois ouvidos para ouvir, uma boca para falar. Talvez a razão para Deus ter nos dado dois ouvidos e apenas uma boca seja porque Ele queria que gastássemos duas vezes mais tempo ouvindo do que falando. “Os ouvidos que ouvem e os olhos que vêm foram feitos pelo Senhor” (Provérbios 20:12). “Quem responde antes de ouvir comete insensatez e passa vergonha” (Provérbios 18:20).  

Próxima semana tem mais!

Texto de autoria de Jim Mathis, dono de um Estúdio de Fotografia em Overland Park, Kansas, USA, especializado em trabalhos corporativos, comerciais e artes dramáticas. Também dirige uma Escola de Fotografia. Jim é autor de "Câmaras de Alto desempenho", livro para pessoas comuns sobre fotografia digital. Foi dono de uma Cafeteria e Diretor Executivo do CBMC, em Kansas City, Kansas, Missouri. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de Sergio Fortes.

Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. Nossos empreendimentos podem não nos permitir o luxo de simplesmente ouvir nossos clientes nos primeiros anos, mas o que pensa sobre determinar-se a gastar tempo significativo ouvindo antes de agir?

2. Você se lembra de ter se dedicado a ouvir atentamente o que as pessoas estavam dizendo e pensando e ter ficado surpreso com o que ouviu?

3. Você concorda que ouvir e cuidar são elementos importantes da liderança eficaz?

4. Por que, em sua opinião, os líderes parecem relutar em gastar/investir tempo para ouvir aqueles que estão sob sua liderança?

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 14:29; 15:7, 23; 16:21, 23; 17:4, 27, 28; 21:23; 29:20.   

 

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2017 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.