Maná da Segunda

Maná da Segunda - Sacudindo e Subindo



Por Jim Mathis

Eu estava tomando o café da manhã com alguns amigos, quando um deles mencionou um colega de trabalho com quem sempre aconteciam coisas ruins. Esse colega havia sido suspenso do trabalho por chegar atrasado muitas vezes. Ele atrasava porque ficava sem gasolina. E ficava sem gasolina porque seu marcador de combustível não estava funcionando. 

Era de se presumir que ele não podia arcar com os custos de conserto do marcador de combustível porque havia sido suspenso do trabalho. Aparentemente ele não se dera conta de que poderia simplesmente calcular o quanto havia dirigido e completar o tanque a cada vez que tivesse rodado algumas centenas de quilômetros, embora o velocímetro seja um bom substituto para o marcador de combustível. Sua história de infortúnio ficou ainda maior com o acréscimo de outros problemas que surgiram devido a sua falta de controle em situações comuns. 

Nossa conversa de café da manhã então mudou para o tema “escolhas”. Escolhas importantes começam pelo menos na época do segundo grau. Algumas podem ser datadas desde os dias da pré-escola. Cada escolha que fazemos exerce um efeito em nossa vida. Às vezes, mesmo as pequenas escolhas têm um grande impacto no futuro. 

Isso me fez lembrar a fábula do burro que caiu num poço, e ninguém tinha ideia de como tirá-lo de lá. Por fim, a população da cidade decidiu mostrar misericórdia para com o burro e enterrá-lo vivo dentro do poço. Começaram então a lançar pás de terra no poço. A cada pazada que caia, o burro sacudia a terra e subia na crescente pilha que estava se formando. Enquanto a terra enchia o poço, o burro subia. Por fim, o monte de terra dentro do poço ficou tão alto que o burro foi capaz de sair para a segurança do terreno nivelado.

A moral dessa história é simples: o burro poderia ter decidido que estava condenado e aceito seu destino. Ele poderia ter desistido e ficar soterrado. Ao invés disto, ele continuou sacudindo a terra e emergindo do desafio, até que venceu a condição dramática e saiu para a liberdade. 

Assim como o burro, no mundo profissional e empresarial frequentemente nos encontramos afundados em um “poço de dificuldades”, com as pessoas lançando pás de terra sobre nós, tentando nos soterrar. Isto nos deixa com uma escolha: podemos ser enterrados pelas circunstâncias adversas ou continuar subindo para enfrentar o novo desafio.

Na Bíblia encontramos muitos exemplos de indivíduos e grupos que decidiram não sucumbir diante de seus problemas. Eles oraram por sabedoria, algumas vezes por libertação completa, e então, conceberam estratégias para lidar com seus desafios. É por isso que passagens como Romanos 5:3-5 nos dizem para nos gloriarmos “nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou o Seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que Ele nos concedeu.”

Isso significa que ao invés de nos curvarmos sob as pressões da adversidade, podemos confiar na força de Deus para enfrentar nossas dificuldades, crescer com essas experiências, fortalecer nossa determinação e vencer nossos desafios, para sobressairmos e progredirmos, pessoal e profissionalmente. Tiago 1:2-4 apresenta conceitos semelhantes: “Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.”

Alguém poderia dizer que nunca estaremos completamente fora do “poço” enquanto caminharmos sobre o planeta Terra. Existirão desafios constantes para enfrentar e terra para ser sacudida enquanto vivermos. Com a força de Deus e Sua direção podemos vencê-los. Continue subindo! 

Próxima semana tem mais!

Texto de autoria de Jim Mathis, dono de um Estúdio de Fotografia em Overland Park, Kansas, USA, especializado em trabalhos corporativos, comerciais e artes dramáticas. Também dirige uma Escola de Fotografia. Jim é autor de "Câmaras de Alto desempenho", livro para pessoas comuns sobre fotografia digital. Foi dono de uma Cafeteria e Diretor Executivo do CBMC, em Kansas City, Kansas, Missouri. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).

Questões Para Reflexão ou Discussão 

1. Por que algumas pessoas encontram um problema atrás do outro, combinados entre si? Concorda que essas adversidades podem resultar de escolhas feitas no passado?

2. Você já tinha ouvido a fábula do burro? Que lições e discernimento prático ela lhe proporcionou?  Em que “poço” profundo você está preso no momento?

3. Conhece alguma história da Bíblia em quem você pode pensar que tenha sido capaz de vencer circunstâncias difíceis, pondo-se de pé para enfrentá-las e vencê-las?   

4. Como alguém pode buscar poder, direção e sabedoria de Deus para enfrentar tempos de grande dificuldade?   

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Habacuque 3:16-18; Salmos 27:14; Mateus 6:1-12; Tiago 1:5-7; 1Pedro 1:6-9. 

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2017 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL

 


Veja mais Maná da Segunda

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.