Mensagem do dia

Mensagem do Dia 26-> Amor Incondicional



Leitura: Salmo 103.11-16

Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o SENHOR tem compaixão dos que o temem. (v. 13)
Na leitura de hoje, meus pensamentos foram levados ao encontro de Jó, quando este recebeu a notícia da morte de seus filhos (Jó 1.18s). Sua dor foi imensa. Sua atitude foi de luto profundo. Sentou-se nas cinzas, coberto de panos de saco. Demonstrou concretamente sua renúncia ao conforto e bem-estar e, ao mesmo tempo, sua limitação diante da vida. Reconheceu que nada podia fazer e, por essa razão, elevou o seu pensamento a Deus e bendisse o Seu nome.
As razões da ação de Deus na vida das pessoas fogem à nossa compreensão e entendimento. Muitas vezes, rebelamo-nos por achar que Deus tem sido injusto conosco e que não merecemos o que se passa. Esquecemos que Ele tem um propósito na vida de cada ser humano, que não é igual para todos. Por isso, os dons que Ele nos dá são diferentes e ninguém tem todos os dons.
Deus nos conhece e sabe como somos, desde antes de nosso nascimento (Sl 139.16). Por essa razão Deus, como Pai, sabe como nos tocar para reagirmos. Para alguns, Ele usa um menino cego com uma flor, para outros, uma figura e, ainda outros, uma leitura. Deus é pai que ama seus filhos incondicionalmente, ainda que os discipline (Hb 12.6ss).
Quando permitimos que Deus nos ame, Ele nos chama ao seu serviço e coloca-nos como seus agentes em favor de outros que estão em necessidades, sejam espirituais, físicas ou sociais. Que nossas ações sejam atos de louvor que bendigam a Deus e testemunhem do seu agir em favor de todos.

Oração: Amado Senhor, em tua misericórdia e compaixão queremos ser enviados por ti em favor dos necessitados. Usa-nos, Senhor, com os dons e capacidades que nos deste. Amém.


Orando em família. Diariamente uma mensagem nova para você e sua família. Conheça o site do Movimento Encontrão. Clique aqui!
Veja mais Mensagem do dia

Mensagem do dia 26 -> Amor Incondicional



Leitura: Salmo 103.11-16

Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o SENHOR tem compaixão dos que o temem. (v. 13)
Na leitura de hoje, meus pensamentos foram levados ao encontro de Jó, quando este recebeu a notícia da morte de seus filhos (Jó 1.18s). Sua dor foi imensa. Sua atitude foi de luto profundo. Sentou-se nas cinzas, coberto de panos de saco. Demonstrou concretamente sua renúncia ao conforto e bem-estar e, ao mesmo tempo, sua limitação diante da vida. Reconheceu que nada podia fazer e, por essa razão, elevou o seu pensamento a Deus e bendisse o Seu nome.
As razões da ação de Deus na vida das pessoas fogem à nossa compreensão e entendimento. Muitas vezes, rebelamo-nos por achar que Deus tem sido injusto conosco e que não merecemos o que se passa. Esquecemos que Ele tem um propósito na vida de cada ser humano, que não é igual para todos. Por isso, os dons que Ele nos dá são diferentes e ninguém tem todos os dons.
Deus nos conhece e sabe como somos, desde antes de nosso nascimento (Sl 139.16). Por essa razão Deus, como Pai, sabe como nos tocar para reagirmos. Para alguns, Ele usa um menino cego com uma flor, para outros, uma figura e, ainda outros, uma leitura. Deus é pai que ama seus filhos incondicionalmente, ainda que os discipline (Hb 12.6ss).
Quando permitimos que Deus nos ame, Ele nos chama ao seu serviço e coloca-nos como seus agentes em favor de outros que estão em necessidades, sejam espirituais, físicas ou sociais. Que nossas ações sejam atos de louvor que bendigam a Deus e testemunhem do seu agir em favor de todos.

Oração: Amado Senhor, em tua misericórdia e compaixão queremos ser enviados por ti em favor dos necessitados. Usa-nos, Senhor, com os dons e capacidades que nos deste. Amém.


Orando em família. Diariamente uma mensagem nova para você e sua família. Conheça o site do Movimento Encontrão. Clique aqui!
Veja mais Mensagem do dia

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.