Mensagem do dia

Mensagem do dia 05 -> Aprendendo a amar!



Leitura: 1 Timóteo 5.3-16

...aprendam primeiramente a colocar a sua religião em prática,... pois isso agrada a Deus. (v. 4)

Ontem aprendemos sobre a responsabilidade da comunidade cristã para com seus membros mais frágeis e necessitados, neste caso, as viúvas. As que passavam realmente por necessidades financeiras e não tivessem ninguém a olhar por elas, deveriam ser auxiliadas pela congregação.
Paulo quer fazer-nos entender que esse tipo de cuidado não é natural do ser humano. Deve ser buscado e aprendido.
Natural é o cuidado dos pais com filhos recém-nascidos. Todos os mamíferos o fazem naturalmente. Por isso, espera-se que também os humanos o façam. Contudo, não é natural que filhos cuidem de seus pais na velhice destes. No reino animal você não vai encontrar um filhote cuidando de seus pais! Para ver se é diferente com os humanos, faça uma visita a um asilo e entreviste alguns dos idosos que lá estão.
A natureza humana, por si só, não capacita o homem a amar nem o capacita a se empenhar no cuidado pelos seus pais ou por outra pessoa necessitada. É da Palavra revelada de Deus que aprendemos essa responsabilidade e é o Seu amor que nos capacita a fazê-lo! Ademais, já no Antigo Testamento Deus mesmo se intitula como sendo Pai para os órfãos e defensor das viúvas (Sl 68.5).
Assim, o cuidado e o amparo dedicados aos pais e aos desamparados é expressão visível do amor de Deus. Esse testemunho é visível e com ele “todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros” (Jo 13.35).
Como está esse testemunho em nossa vida e na vida da igreja na qual congregamos?

Oração: Senhor, faze de nós instrumentos do teu amor!

Orando em família. Diariamente uma mensagem nova para você e sua família. Conheça o site do Movimento Encontrão. Clique aqui!
Veja mais Mensagem do dia

Mensagem do dia 05 -> Aprendendo a amar!



Leitura: 1 Timóteo 5.3-16

...aprendam primeiramente a colocar a sua religião em prática,... pois isso agrada a Deus. (v. 4)

Ontem aprendemos sobre a responsabilidade da comunidade cristã para com seus membros mais frágeis e necessitados, neste caso, as viúvas. As que passavam realmente por necessidades financeiras e não tivessem ninguém a olhar por elas, deveriam ser auxiliadas pela congregação.
Paulo quer fazer-nos entender que esse tipo de cuidado não é natural do ser humano. Deve ser buscado e aprendido.
Natural é o cuidado dos pais com filhos recém-nascidos. Todos os mamíferos o fazem naturalmente. Por isso, espera-se que também os humanos o façam. Contudo, não é natural que filhos cuidem de seus pais na velhice destes. No reino animal você não vai encontrar um filhote cuidando de seus pais! Para ver se é diferente com os humanos, faça uma visita a um asilo e entreviste alguns dos idosos que lá estão.
A natureza humana, por si só, não capacita o homem a amar nem o capacita a se empenhar no cuidado pelos seus pais ou por outra pessoa necessitada. É da Palavra revelada de Deus que aprendemos essa responsabilidade e é o Seu amor que nos capacita a fazê-lo! Ademais, já no Antigo Testamento Deus mesmo se intitula como sendo Pai para os órfãos e defensor das viúvas (Sl 68.5).
Assim, o cuidado e o amparo dedicados aos pais e aos desamparados é expressão visível do amor de Deus. Esse testemunho é visível e com ele “todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros” (Jo 13.35).
Como está esse testemunho em nossa vida e na vida da igreja na qual congregamos?

Oração: Senhor, faze de nós instrumentos do teu amor!

Orando em família. Diariamente uma mensagem nova para você e sua família. Conheça o site do Movimento Encontrão. Clique aqui!
Veja mais Mensagem do dia

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.