Mensagem do dia

Mensagem do Dia 25 -> Filho de peixe...



Leitura: 2 Reis 23.34-37 e Jeremias 22.10-30

Ele fez o que o SENHOR reprova, tal como os seus antepassados. (v. 37)

A reforma de Josias havia varrido todo culto idólatra. Porém, após a sua morte, o povo rapidamente caiu na apostasia. As reformas não tiveram o poder para mudar o coração de Judá que, rebelde, havia erguido os ídolos no seu coração (Ez 14.3).
Além disso, o exemplo de Josias não foi suficiente para contagiar os próprios filhos. Nenhum deles dedicou-se a Deus como ele o fizera. Durante os seus reinados, fizeram o que o Senhor reprova. Promoveram a idolatria, praticaram atos perversos e cometeram várias injustiças em Judá. Assim, engordaram a lista de reis que levaram o povo a pecar e a afastar-se de Deus (2Rs 17.21). Enterraram de vez qualquer vestígio da reforma que seu pai promovera.
Perguntamo-nos: como um pai temente a Deus tem filhos tão perversos?
Geralmente, precipitamo-nos emitindo juízos contra esses pais por não educarem seus filhos corretamente. Mas nem sempre tais juízos correspondem à realidade. Conhecemos pais que são fiéis a Deus, deram o melhor de si, educando seus filhos segundo a Palavra de Deus. Mas, por algum motivo, os filhos endureceram seus corações e tomaram um rumo totalmente oposto. Esses pais questionam-se onde erraram. Oram e choram por seus filhos na esperança de que um dia se convertam a Deus.
Apesar do mistério que paira sobre esse assunto, a verdade é que, perante Deus, cada um responderá pelos seus próprios pecados (Ez 18.4). Cada um de nós precisará atender pessoalmente à porta na qual Ele bate (Ap 3.20).

Oração: Senhor, o perigo maior está no nosso íntimo. Ensina, tanto a pais como a filhos, a vigiarem seus corações.

Orando em família. Diariamente uma mensagem nova para você e sua família. Conheça o site do Movimento Encontrão. Clique aqui!
Veja mais Mensagem do dia

Mensagem do Dia 24 -> Filho de peixe...



Leitura: 2 Reis 23.34-37 e Jeremias 22.10-30

Ele fez o que o SENHOR reprova, tal como os seus antepassados. (v. 37)

A reforma de Josias havia varrido todo culto idólatra. Porém, após a sua morte, o povo rapidamente caiu na apostasia. As reformas não tiveram o poder para mudar o coração de Judá que, rebelde, havia erguido os ídolos no seu coração (Ez 14.3).
Além disso, o exemplo de Josias não foi suficiente para contagiar os próprios filhos. Nenhum deles dedicou-se a Deus como ele o fizera. Durante os seus reinados, fizeram o que o Senhor reprova. Promoveram a idolatria, praticaram atos perversos e cometeram várias injustiças em Judá. Assim, engordaram a lista de reis que levaram o povo a pecar e a afastar-se de Deus (2Rs 17.21). Enterraram de vez qualquer vestígio da reforma que seu pai promovera.
Perguntamo-nos: como um pai temente a Deus tem filhos tão perversos?
Geralmente, precipitamo-nos emitindo juízos contra esses pais por não educarem seus filhos corretamente. Mas nem sempre tais juízos correspondem à realidade. Conhecemos pais que são fiéis a Deus, deram o melhor de si, educando seus filhos segundo a Palavra de Deus. Mas, por algum motivo, os filhos endureceram seus corações e tomaram um rumo totalmente oposto. Esses pais questionam-se onde erraram. Oram e choram por seus filhos na esperança de que um dia se convertam a Deus.
Apesar do mistério que paira sobre esse assunto, a verdade é que, perante Deus, cada um responderá pelos seus próprios pecados (Ez 18.4). Cada um de nós precisará atender pessoalmente à porta na qual Ele bate (Ap 3.20).

Oração: Senhor, o perigo maior está no nosso íntimo. Ensina, tanto a pais como a filhos, a vigiarem seus corações.

Orando em família. Diariamente uma mensagem nova para você e sua família. Conheça o site do Movimento Encontrão. Clique aqui!

Veja mais Mensagem do dia

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.