Reflexão

A Fé Começa em Casa – Vida Simples



“Esforcem-se para ter uma vida tranquila, cuidar dos seus próprios negócios e trabalhar com as próprias mãos, como nós os instruímos; a fim de que andem decentemente aos olhos dos que são de fora e não dependam de ninguém.” (1 Tessalonicenses 4:11, 12)

O consumo é uma atividade econômica fundamental em uma sociedade que produz bens e serviços, ou seja, que produz e distribui. Os economistas desenvolveram inúmeras teorias a respeito do consumo e concluíram que há muitas pessoas que desejam algo e, se este item é escasso, então o preço será alto, se por outro lado existe em abundância, então o preço será baixo.

Ora, se existe mercado para um produto ou serviço, então pode-se produzir ainda mais abrindo novas fábricas, gerando empregos e novos negócios. O passo seguinte é quando este mercado já possui muitos competidores que precisam “brigar” pelos clientes, então iniciam-se as propagandas de divulgação e a criação da “necessidade” na mente do cliente com o objetivo de que consuma ainda mais, precisando ou não.

Assistimos a novas propagandas do produto, sempre com belos atores em paisagens deslumbrantes, passando a impressão de que ao consumir aquele produto seremos iguais ou ao menos nos sentiremos da mesma forma, ou ainda, passar a imagem de que vivemos assim.

As embalagens são coloridas para chamar a atenção e serem compradas. Os aparelhos eletrônicos são aperfeiçoados a cada dia com novas funções e capacidades.

Como a marca da nossa sociedade é o consumo e o supérfluo, somos inseridos nisto com muita facilidade, de fato, as novas gerações nascem dentro deste contexto e lhes parece normal consumir.

O fato é que muita gente tem se perdido e se iludido pelas propagandas e belas embalagens, achando que precisa de algo que não tem o menor sentido para si e sua família, a não ser trazer dificuldades econômicas, dívidas, preocupações e mais trabalho para pagar o excesso de gastos.

Quem nunca comprou algo que achava tão necessário, ou que era uma pechincha, uma oportunidade e quando chegou em casa colocou num canto e usou uma vez só? Talvez não fosse tão caro, mas para não ser usado é caríssimo!

É o marido que deseja um carro novo com mais opcionais para que possa mostrar aos amigos que está bem e se sentir bem, assim como a esposa que, podendo ou não, compra aquele vestido, sapato e bolsa para um evento porque não pode ficar mal perante a sociedade ou que muda seu corpo para se ajustar ao padrão imposto pela mídia.

É o modelo novo do smartphone que passa a ser necessário, porque o anterior não traz determinada função desconhecida e desnecessária até ser lançada, mas que então é prioridade máxima.

Quem vive assim está numa espécie de escravidão. No entender da maioria das pessoas da nossa época, quem vive de maneira simples demonstra fraqueza e incapacidade.

Você pode pensar que se possui dinheiro suficiente, que mal tem em comprar muitas coisas? Nenhum mal, mas se estas compras são para saciar algo dentro de você que uma compra aplaca por um tempo apenas, precisando comprar de novo logo depois, então te digo que está numa espécie de vício de comprar, e isto se chama consumismo.

Muitas famílias já foram tremendamente prejudicadas por este vício, seja dele ou dela, levando à ruína as finanças familiares e pessoais.

Precisamos estar atentos para não cair nos apelos da mídia e buscar orientação do alto para sairmos deste círculo vicioso e estarmos satisfeitos com aquilo que temos, sem ansiedade, excessos e preocupações desnecessárias.

E lembre-se, só há uma pessoa que consegue saciar nossa sede de maneira permanente, é Aquele que nos dá a água da vida, Jesus Cristo. Como Ele próprio disse: “Quem beber desta água nunca mais terá sede”. Que estejamos saciados buscando a Ele em oração todos os dias e assim viverão bem em família e darão bom testemunho aos de fora.

PARA EXERCITAR COM SEU CÔNJUGE

Como o consumismo tem afetado meu relacionamento?
O que posso fazer para viver de maneira simples?

“Pai celestial, te louvo por suprir minhas necessidades, perdoe-me por buscar paz fora de Ti, pois somente Tu é a fonte de vida e paz. Ensina-me a depender somente de Ti e viver uma vida de acordo com a Tua Palavra, em nome de Jesus. Amém!”

Luis Antonio Luize

ICHTUS
Ajudando Você a Crescer

 

 


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.