Reflexão

A Fé Começa em Casa – Legado



Mas, antes que chegue aquele grande e terrível dia, eu, o Senhor, lhes enviarei o profeta Elias. Ele fará com que pais e filhos façam as pazes para que eu não venha castigar o país e destruí-lo completamente. (Malaquias 4:5,6)

Quando Telma e eu começamos a namorar, conversamos sobre como seria nosso lar. Após analisar toda a nossa situação familiar, decidimos que queríamos uma família abençoada e segundo o coração de Deus.

Posso dizer que trilhamos este caminho continuamente e que somente chegamos até aqui porque buscamos a restauração de nossos relacionamentos, confiando na operação de Deus em nossas vidas. Foi um trabalho árduo de unir gerações, reparando as brechas que nos distanciavam.

Tudo que não reparamos em nossa geração será repassado à geração seguinte, isto é legado. Eu bem sei que ninguém quer passar aos seus qualquer coisa ruim, entretanto, tudo que passamos na vida e não buscamos conserto, os atingirá, cedo ou tarde.

O melhor legado que podemos deixar aos nossos filhos é saberem que tiveram um pai e uma mãe tementes a Deus.

Uma equipe de sociólogos americanos fez uma pesquisa para saber se um legado positivo ou negativo poderia influenciar as gerações seguintes ou não, sendo transmitido de geração em geração. Pois bem, foram em busca de famílias do século 18 para as quais haviam registros suficientes e fizeram uma busca até o século 20.

A primeira família descendia de Max Jukes, ateu, assim como sua esposa. Seu legado gerou:

Dos 1.200 descendentes, 400 viviam em completa libertinagem
310 eram muito pobres ou vagabundos
190 eram prostitutas
130 foram condenados como criminosos
100 eram alcoólatras
Mais de 100 eram ladrões contumazes
55 sofriam de doenças sexualmente transmissíveis
7 eram assassinos.

A outra família descendia de Jonathan Edwards, pastor, teólogo e missionário, reitor de uma universidade e sua fiel esposa. Esta família gerou o seguinte legado:

Mais de 300 eram pastores, missionários ou teólogos
Mais de 120 eram professores
Cerca de 110 eram advogados
60 eram médicos
Outros 60 eram autores de livros bons e úteis
30 eram juízes
14 eram reitores de universidades
Muitos eram gigantes da indústria
3 eram membros do congresso americano
Um deles foi vice-presidente dos Estados Unidos.

É um fato que quando vamos para a batalha da vida com as gerações desconectadas, o preço a ser pago é bem alto. Temos exemplos bíblicos disto e a pesquisa acima confirma.

Para obter um legado abençoado é necessário religar as gerações através do perdão e do mover de Deus.

Moisés, por exemplo, quis resolver pela violência matando um egípcio mas, depois de reconciliado com Deus, foi o homem mais manso da terra. Davi era excluído e rejeitado, mas ao confiar em Deus tornou-se rei.

Muita gente despreza seus pais porque entende que eles não podem ajudá-los ou ainda, que eles pedem que se faça algo que não é mais importante. Outro tanto se ressente pelo que eles fazem ou como julgam os atos dos filhos.

Esta situação lembra a passagem do Velho Testamento em que Josué está lutando enquanto Moisés ficava no monte com os braços levantados. Quando Moisés abaixava os braços os inimigos avançavam, quando ele levantava os braços Josué e seu exército prevalecia sobre o inimigo. Então Arão e Ur seguraram os braços de Moisés no alto e o mantiveram assim até que a batalha foi vencida.

Resta-nos a pergunta: Qual geração é mais importante, a velha ou a nova?

Resposta: As duas são. Enquanto uma intercede a outra avança pela vida obtendo vitórias e acrescentando um legado positivo à sua geração.

Talvez neste ponto você possa estar com sentimento de culpa e remorso. Você não pode voltar atrás, mas seguir em frente.

A boa notícia é que você acertar daqui para frente. Arrependa-se de seus erros e confesse aos seus filhos a decisão de mudar, melhorar e seguir em frente de maneira diferente. Poderá levar tempo para que a situação volte ao que Deus planejou, mas se você regar as boas sementes que Deus lhe deu - os seus filhos - bênçãos virão para eles e para as gerações seguintes.

Confie em Deus e siga em frente.

Pai amado, Graças te dou por tudo que tem feito em minha vida e pelas boas sementes que proporcionou ao meu lar. Peço perdão por todos os meus atos que lançaram sementes ruins sobre meus filhos e sobre minha casa. Abençoa-me para que possa restaurar a ponte que me liga aos meus pais e aos meus filhos para que a bênção de gerações se instale na minha família. Amém!

Luis Antonio Luize



ICHTUS – Uma Parceria Diária com Deus
Edificando o Povo de Deus pela Internet


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.