Reflexão

As grandes escolhas na Juvenude



Sérgio e Magali Leoto / Pr. Jeferson e Ferannda Ledo

1. O QUE DEUS TEM A VER COM MINHAS ESCOLHAS?
Quando nos entregamos a Cristo, damos a Ele o controle de nossas vidas!
Nossas decisões passam a ficar sob a Sua orientação, para que Ele cumpra Seus propósitos em nós. Esta entrega a Cristo, requer que deixemos 100% das áreas em Sua mão. Isto inclui a área profissional.
Deus está muito interessado em nos usar como "missionários", em nossa vida profissional. Nosso bom testemunho será uma Grande arma nas mãos de Deus. O Senhor usa "bons conselheiros" (pessoas sábias e tementes a Ele), para nos orientarem em momentos de dúvidas, nesta área.
Assim, enquanto ainda esperamos por definições, devemos confiar que Aquele que sempre quer o melhor para nós (o Senhor), irá mostrar no momento certo qual é Sua boa, perfeita e agradável vontade.
Rm 12:2 – "E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."

2. OS VALORES DE DEUS
Hoje, presenciamos uma competição exagerada, uma busca por profissões que garantam bons rendimentos e dêem um bom "status". Mas serão estes os valores de Deus?
A visão de Deus, para uma vida bem sucedida, é bem diferente da visão que hoje temos como padrão. A segurança, para a maioria das pessoas, está no dinheiro, no poder e na fama. Alguns colocam seus ideais, no desejo de se tornarem cada vez mais inteligentes, para competirem melhor e estarem mais adaptados às exigências do mundo atual.
Vivendo nesta competitividade absurda e exagerada, torna-se a luta do "saber mais, para derrotar alguém ou para não ser derrotado por ele". Cai-se num vale tudo" e desprezam-se valores básicos como companheirismo, solidariedade lealdade e amizade. O saber é bom, mas esta motivação não é das melhores.
Aqueles que querem fazer a vontade de Deus, devem questionar a "motivação real" destes padrões e muitas vezes, "nadar contra a correnteza" dos maus valores . Isto não quer dizer, que não devemos ser competentes e competitivos. Podemos ser bons profissionais, sem abaixar os valores que agradam a Deus.
Existem alguns aspectos que o Senhor nos orienta em Sua Palavra, e que devemos considerar, no momento de uma escolha profissional, como veremos a seguir.

3. NÃO PODEMOS ESCOLHER UMA PROFISSÃO, TENDO O DINHEIRO COMO PRINCIPAL MOTIVAÇÃO
Pv 23: 4 – 5: "Não te fatigues para seres Rico; não apliques nisso a sua inteligência. Por Ventura fitarás os olhos naquilo que não é nada? Pois certamente, a riqueza fará para is asas, como a águia que voa pelos céus."
Mt 6: 19 – 21: "Não acumuleis tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corrói, e onde os ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração."
1Tm 6: 9 – 10: "Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a is mesmos se atormentaram com muitas dores."
1Tm 6: 17 – 19: "Exorta aos ricos do presente século que não sejam orgulhoso nem depositem a sua esperança na instabilidade da riqueza, mas em Deus, que tudo nos proporciona ricamente para nosso aprazimento; que pratiquem o bem, sejam ricos de boas obras, generosos em Dar e prontos a repartir; que acumulem para is mesmos tesouros, sólido fundamento para o futuro, a fim de se apoderarem da verdadeira vida."

4. AO ESCOLHER A PROFISSÃO, DEVE-SE LEVAR EM CONTA QUE TUDO O QUE SOMOS E FAZEMOS DEVE SER PARA A GLÓRIA DE DEUS
1Co 10: 31: "Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus."
Ef 1: 12: "a fim de sermos para louvor da sua glória, nós os que de antemão esperamos em Cristo."

5. NOSSA VIDA PROFISSIONAL DEVE SER EXERCIDA PARA O SENHOR, COM TODO O CORAÇÃO E NÃO PARA HOMENS
Cl 3: 22 – 23: "Servos, obedecei em tudo ao vosso senhor segundo a carne, e não servindo apenas sob vigilância, visando tão somente agradar a homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor. Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens."

6. BUSCANDO A VONTADE DE DEUS
Pv 16: 1: "O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios, vem do Senhor." Você pode sonhar, fazer planos para sua carreira profissional. Mas é Deus quem irá confirmar que planos devem ser executados. Poderão ser todos os que você sonhou. Ou poderão ser apenas alguns. Mas pode acontecer também, que nenhum de seus planos foi viabilizado por Deus, porque ele tinha outros melhores. Lembre-se do que já dissemos: Sua vontade é boa, perfeita e agradável.
Existem muitos outros textos na Bíblia, que mostram como Deus quer dirigir a nossa vida e revelar Sua vontade:
Sl 25: 9: "(O Senhor) Guia o humilde e ensina ao manso o seu caminho."
Sl 25: 12: "Ao homem que teme ao Senhor, ele o instruirá no caminho que deve escolher."
Sl 32: 8: "Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e sob as minhas vistas te darei conselho."
Deus mostra a Sua vontade a nós mas, a maioria das vezes ela não vem pronta. Precisamos estar atentos para conhecê-la. Isto compreende ler a Sua Palavra, a Bíblia, orar (incessantemente, às vezes) e buscar conselhos de pessoas idôneas e comprometidas com Ele.
Is 30: 21: "Quando te desviares para a direita e quando te desviares para a esquerda, os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele."
Em nossa caminhada, Deus vai à frente conduzindo-nos, abrindo e fechando portas. A nossa parte é permanecer firmes, crescendo na intimidade com Ele, prosseguindo e confiando nEle. Ele conhece nossos temores, dúvidas e fraquezas.
Entregando nossa vida inteiramente em Suas mãos, não nos frustraremos; continuaremos firmes, convictos de estar realizando a nossa parte, segundo a Sua vontade. Ele entrará com a Sua parte na "sociedade", executando o que não sabemos fazer: trabalhar sobrenaturalmente!
Mt 6: 25 – 26: "Não andeis ansiosos pela vossa vida (...) Observai as aves dos céus: não semeiam, não colhem nem ajuntam em celeiros; contudo vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?"

Fonte: Grupo Kadoshi

Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.