Reflexão

Ciência e Fé - Criacionismo e Evolução



A Palavra de Deus deixa claro quem é o criador de todas as coisas: Deus (Gn 1.1; Ex 20.11; Rm 1.20; Cl 1.16). Esta afirmação entra em rota de colisão com a teoria mais difundida no meio científico: A teoria da evolução. Esta teoria, em suma, afirma que aquilo existe surgiu de um grande evento, chamado Big Bang; uma explosão que possibilitou posteriormente o reagrupamento dos elementos, que depois de milhões de anos em evolução, formaram as Galáxias, estrelas, planetas, seres vivos, em toda complexidade que a ciência já tem descoberto. Não se sabe ao certo o que gerou este grande evento inicial, sendo o “acaso” o causador mais provável.

Ciência e Religião, desde muito cedo, foram colocadas como opostas, principalmente quando se fala do início de todas as coisas. Nos últimos tempos, muitas pessoas tem se levantado, principalmente, cientístas cristãos e teólogos, tentando diminuir essa diferença para mostrar que é possível haver um diálogo até certo nível.

Um ponto de vista razoável a respeito disto é o que encontramos em Pv 25.2: “A glória de Deus é ocultar certas coisas; tentar descobri-las é a glória dos reis”. Salomão, um dos maiores “cientistas” de sua época foi quem disse isso. Ele estudou e pesquisou plantas, animais, pessoas, etc. O que este versículo diz a nós é que Deus escondeu coisas em sua criação, e deixou ao homem a liberdade de descobri-las. É o que temos visto na humanidade desde o início e principalmente agora, com a evolução da ciência moderna. Então, o ser humano está descobrindo coisas nos genes, no universo, no comportamento humano, e por aí vai, que Deus já dispôs a muito tempo! Isso é glorioso, para o homem, e muito mais para Deus!

Para os cristãos, o “Acaso” do Big Bang se chama palavra criadora de Deus. A ordenação de cada átomo no universo é a mão de Deus operando. Se há alguma modificação ou “evolução” em algum ser vivo, isso só pode ocorrer por que Ele assim o fez. A Teoria da Evolução é só uma teoria, mas para nós que cremos, a criação de Deus é um fato.

Uma coisa podemos ter certeza: nenhuma descoberta invalidará o fato de que Deus fez todas as coisas. Enquanto isso, glorificamos a Deus em cada novo horizonte que a ciência se depara, pois está mostrando com muita propriedade a profunda sabedoria e poder de Deus.

Algumas frases de Albert Einstein:

“Quando abro a porta de uma nova descoberta já encontro Deus lá dentro.”

“Sem Deus, o universo não é explicável satisfatoriamente.”

“Quanto mais me aprofundo na Ciência mais me aproximo de Deus.” (Veja Sl 19.1)



Postado por André Rodrigo Kohlrausch
Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.