Reflexão

Condenação do Diabo



não seja neófito, para não suceder que se ensoberbeça e incorra na condenação do diabo. (1 Timóteo 3:6 ARA)

Novamente minha atenção foi capturada por este versículo depois de tantas leituras. Não tenho nenhum interesse em ficar escrevendo sobre o diabo, até porque acho que tem gente de sobra que faz isso. Mas se alguém pode ser condenado por ele, algo precisa ser considerado.

O texto não está ensinando que todo neófito necessariamente vai ser soberbo, mas há uma chance maior de alguém mais experiente se preservar, simplesmente apenas pelo motivo que tem mais experiência. Não é o neófito que o diabo condena, mas sim o soberbo. O texto está no contexto de alguém que anseia ministério numa igreja, portanto é apropriado imaginar que muitos líderes no mundo eclesiástico podem ser condenados pela soberba.

Eu infelizmente já conheci líderes que eram dignos desta palavra, não no sentido de serem neófitos, mas por que se ensoberbeceram a tal ponto que afastaram as pessoas. Conheci um pastor que afirmava que dar intimidade para as ovelhas só não era pecado por que a Bíblia não dizia, mas deveria ser. Na opinião dele pastor deveria andar com pastores e ovelhas com ovelhas. Não consigo imaginar algo mais absurdo no meu conceito, pois pastor para mim é quem tem cheiro de lã de ovelha na pele.

Cuidado com teu coração, meu irmão, quer seja você um líder ou não. Se deixar ensoberbecer não é privilégio deturpado de gente famosa. Da mesma forma que um pobre pode ser avarento, um humilde pode se tornar soberbo. Não tenha de si mesmo um conceito superior ou altivo, não se jugue mais do que é nem tampouco mais do que qualquer outro. Eu não vou entrar na discussão e no mérito de qual condenação do diabo seria essa, pois como disse, meu foco não é o dito cujo. Fato: ser condenado já não é coisa boa, ser condenado por este cidadão então…

“Pai, ensina-me a guardar meu coração para que em tudo eu possa glorificar Teu Santo nome. Me preserva da soberba para que eu não caia em condenação alguma, seja qual for.”

Mário Fernandez


ICHTUS, vem do grego ixtus, que significa peixe. Era o símbolo dos cristãos primitivos perseguidos pelo poder romano. As letras eram as iniciais das palavras Iesus Xristos Theos Huios Sopter (Jesus Cristo, Filho de Deus, o Salvador).

Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.