Reflexão

Conflitos



O tema das nossas pregações neste mês gira em torno de conflitos de diversos tipos. É preciso reconhecer que a vida é cercada de conflitos de diferentes naturezas e que surgem a qualquer momento. Pregar uma teologia utópica, que nega os conflitos da vida e não reconhece que a vida da comunidade é a vida de pessoas que lutam com diversas questões seria enganar as pessoas e fugir do Evangelho de Cristo.

A escolha desta temática nasce do desejo profundo do corpo de obreiro da Comunidade do Redentor de buscar alcançar as pessoas onde elas estão e da maneira que vierem. Até porque aqueles que estão na liderança da comunidade – sejam eles presbíteros, obreiros, líderes de ministérios – também passam por estes conflitos. Outro engano do mundo evangélico de hoje é que seus líderes são super-homens que vivem incólumes às dificuldades das pessoas. Isto não é verdade. Precisamos reconhecer que a igreja é lugar de doentes em busca de cura, e que esta cura gira em torno da pessoa de Jesus.

Nós todos, seguidores de Jesus, somos chamados a trazer aos pés dEle as nossas dificuldades, impasses e crises. E ao olhar em seus olhos e perceber o toque curador do Filho, somos abraçados pelo amor do Pai e imbuídos da esperança santa do Espírito Santo. Vivemos caminhando nesta fé que encontra espaço para a esperança e para o amor. Diante destas coisas os nossos conflitos mudam – continuam sendo verdadeiros, mas agora não estão mais no centro de nossos corações. Pois no centro de nossos corações está o Senhor.

Marcell Steuernagel

Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.