Reflexão

Liberte-se – A Mudança Começa em Mim



“Assim direis a José: Perdoa a transgressão de teus irmãos, e o seu pecado, porque te fizeram mal. Agora, pois, rogamos-te que perdoes a transgressão dos servos do Deus de teu pai. E José chorou quando eles lhe falavam.” (Gênesis 50:17)

Muita gente carrega dentro de si culpa por algo que fez. Foi o caso dos irmãos de José, que tanto mal lhe fizeram. Os irmãos de José achavam que seu pai Jacó era o motivo pelo qual ele não se vingava deles.

No coração deles era certo que uma pessoa que foi ofendida iria se vingar. Eles mesmos fariam isso se estivessem no papel dele. Normalmente somos como eles, ao fazer algo esperamos que alguém revide com a mesma intensidade ou mais.

A questão é que eles não conseguiam perceber as mudanças na vida de José que o tornavam diferente deles. Aqueles muitos anos na prisão de forma injusta não causaram em José uma revolta, mas uma certeza de que Deus estava no controle.

Essa compreensão é muito difícil de se levar em conta quando é com a gente. Imagine estar preso, entender que Deus está no comando e que é um passo necessário para a benção que se seguirá na nossa vida.

É por isso que quando Jacó morre eles se apressam a pedir perdão. Já deveriam ter feito isso há muito tempo, mas deixaram para a última hora, quando sentiram que a morte estava próxima.

Como pastor tenho contato com pessoas à beira da morte, e vejo como deixam tudo para o último instante. Têm pessoas a pedir perdão e pessoas a serem perdoadas. Privam-se de viver em comunhão com os familiares e amigos pelo orgulho de não pedir perdão, não se humilham e perdem o melhor da vida em família.

Acabam estando juntos fisicamente mas emocionalmente estão desconectados um do outro. Enfim, pedem perdão, e José chora.

Creio que ele chora porque há muitos anos esperava esta atitude deles, assim como percebe o medo que se apodera dos seus irmãos. Chora porque não pedem perdão por amor a José, mas sim por medo dele. Respeitam a sua autoridade mas não a sua pessoa.

Sempre que temos algo a pedir perdão ou a perdoar, a culpa, o medo, a raiva e a insegurança toma conta do nosso coração.

Certa vez fui enganado por uma pessoa que acabou me causando muitos problemas financeiros. Achei que o tinha perdoado e segui minha vida.

Mas Deus, que é soberano e conhece todas as coisas, sabia que não estava tudo certo. Então, começou a trabalhar na mesma empresa que eu trabalhava um rapaz que me lembrava aquela pessoa que tinha feito mal a mim e minha família.

Cada vez que ele cruzava por mim nos corredores da empresa algo ruim subia no meu coração. O tempo foi passando, até que em uma ocasião estava no supermercado comprando iogurte na seção dos gelados e quando olho no corredor procurando minha esposa vejo aquele rapaz vindo na minha direção.

Meu coração encheu-se de raiva e ódio por ele, meu punho se fechou e fui na direção dele determinado a dar-lhe um soco.

Imaginem, sempre fui uma pessoa pacífica, e lá estava eu indo para bater em alguém. Foi quando percebi que de fato não era aquele rapaz, mas alguém muitíssimo parecido com ele.

Imediatamente me recompus e fui buscar a Deus para entender o que se passava. Foi quando percebi que deveria perdoá-lo não somente pelo que havia feito a mim e minha família, ma também pelos sentimentos que havia despertado em nossos corações e pelas consequências do seu ato, que não foram poucas.

Imediatamente senti alívio e poucos dias depois cruzei de novo com aquele colega de empresa e percebi que não sentia mais nada. Me lembrava de tudo, mas não tinha mais nenhum sentimento ruim em meu coração.

José não tinha sentimento ruim nenhum em seu coração porque já havia perdoado há muito tempo. Todos os seus sentimentos sobre aquele episódio haviam sido liberados, assim como havia sido para mim.

Foi essa liberdade que José desfrutou e que seus irmãos jamais conheceram. Eu e você também podemos desfrutar desta liberdade em Cristo Jesus.

PARA EXERCITAR

Quais sentimentos ruins tenho em meu coração?
A quem preciso perdoar ou pedir perdão?

“Pai celestial, quero pedir perdão por todos os meus atos que foram em desacordo com Tua palavra, pelos sentimentos que isto despertou em mim e pelas consequências disto sobra minha vida. Também perdoo a quem me ofendeu, perdoo pelos sentimentos que despertou em mim e pelas consequências disto sobre nosso relacionamento e vida. Que o amor de Jesus possa entrar em meu coração através do perdão e libertar-me. Amém!“


Luis Antonio Luize

ICHTUS
Ajudando Você a Crescer

 


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.