Reflexão

Liderando Com o Coração – Conclamação



vinde, pois, reedifiquemos os muros de Jerusalém e deixemos de ser opróbrio. E lhes declarei como a boa mão do meu Deus estivera comigo e também as palavras do que o rei me falara. Então, disseram: Disponhamo-nos e edifiquemos. E fortaleceram as mãos para a boa obra. (Neemias 2:17b-18)

Após examinar o estado da cidade e certificar-se de que o plano que havia feito e os recursos de que dispunha eram adequados para resolver o problema, Neemias conclama os habitantes da cidade a reedificar os muros e mudarem a sua situação.

No seu discurso (certamente registrado apenas resumidamente neste texto) ele relaciona os problemas encontrados (v. 17) demonstrando assim que está a par deles. O fato de ter feito o levantamento por si mesmo fez com que os moradores percebessem nele alguém que realmente se importava com o que estava falando, pois tinha se dado ao trabalho de conferir as necessidades andando por toda a cidade. Isso gerou uma identificação entre Neemias e o povo que lhes abriu o coração e deu a ele o direito de propor-lhes o desafio da reconstrução.

Em seguida, Neemias testemunha a intervenção de Deus no processo. Ele conta ao povo como Deus o tocou, como Deus o ajudou a fazer o plano e finalmente como Deus abriu o coração do rei para o projeto, que permitiu que ele se encarregasse da sua execução. O seu testemunho gera a fé no coração do povo de que Deus está no processo e, sendo assim, o projeto é viável. O povo responde com disposição para o trabalho.

Neste pequeno trecho descobrimos alguns princípios que o líder deve se atentar ao chamar o povo para participar do seu sonho.

1. Identifique-se com o povo

Demonstre às pessoas que o seu interesse é genuíno. Neemias demonstrou isso ao se colocar a par de tudo. Eles viram que ele teve o trabalho de andar pela cidade, perguntar, observar, se envolver. Apesar de ter vindo de fora ele se fez parte do problema, se identificando com a situação deles a ponto de dizer “deixemos de ser opróbrio”, ou seja, ele se sentia daquela maneira do mesmo jeito que eles.

2. Estabeleça e apresente um objetivo definido

Ao apresentar o desafio Neemias foi muito claro e direto acerca de qual era o objetivo: reedificar os muros. Ele não falou da pobreza, inflação, interferência externa, problemas religiosos, nada. Apenas apresentou um alvo claro e muito bem definido. Ele sabia que para fazer isso, vários assuntos teriam de ser resolvidos no caminho e muitos problemas iriam surgir. No seu plano, por certo, ele deve ter pensado em muitas das dificuldades que poderiam surgir e como tratar delas, mas cada problema deve ser tratado no seu momento.

Muitos líderes erram nesse momento. Apresentam um plano tão abrangente que fica difícil para o povo saber o que deve fazer e como chegar onde estão propondo. Transforme o seu projeto em uma série de objetivos bem definidos de maneira que fique fácil o povo identificar O QUE fazer e onde ir.

3. Assegure ao povo a bênção de Deus

Seguindo este processo de Neemias, você só está neste ponto porque Deus interveio e fez com que você estivesse aqui. Sendo assim, você terá o que contar a respeito da participação de Deus no projeto. Testemunhe isso e gere fé no coração do povo.

Aplicando esses princípios, evita-se a situação de líderes que tentam arregimentar pessoas para projetos com os quais elas não se identificam e não veem proveito neles. Ou, como muitas vezes acontece, o projeto até é bom e as pessoas sabem disso, mas não conseguiram se identificar com o líder.

“Senhor, ajuda-me a ter o Teu amor pelas pessoas que serão afetadas pelo projeto que colocaste no meu coração de maneira que quando eu as chamar elas estejam prontas a participar deles.”

Vinicios Torres


Uma Parceria Diária com Deus
Edificando o Povo de Deus pela Internet


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.