Reflexão

Liderando Com o Coração – Lidando com a Honra



Davi expressou este forte desejo: Quem me dera me trouxessem água da cisterna da porta de Belém!

Então aqueles três atravessaram o acampamento filisteu, tiraram água da cisterna e a trouxeram a Davi. Mas ele se recusou a beber; em vez disso, derramou-a como oferta ao Senhor e disse: O Senhor me livre de beber desta água! Seria como beber o sangue dos que arriscaram a vida para trazê-la!

E Davi não bebeu daquela água. (2 Samuel 23:15-17)


Nossos tempos são estranhos. Muitas coisas boas estão sendo reveladas e ensinadas e o povo nunca teve tanta abundância de ensino à sua disposição. Ao mesmo tempo, mesmo o bom ensino pode ser mal usado e interpretado e o povo pode ser levado a fazer o que não deveria.

A Bíblia é clara em ensinar que devemos honrar àqueles que merecem honra. Começa com um dos dez mandamentos, honrar aos pais, em Êxodo 20, e vai até o honrar ao rei em 1 Pedro 2:17. Em muitas passagens é ensinado que devemos demonstrar afeto, respeito, admiração e em algumas inclusive se ensina a fazer participantes das nossas bênçãos aqueles que têm nos abençoado com seu serviço, ensino, mentoria e liderança.

Esta é nossa parte, como liderados, ovelhas que são pastoreadas, membros de uma igreja ou associação. Devemos estar atentos a demonstrar a nossa gratidão para com aqueles que têm gastado seu tempo e energia para nos ajudar. O detalhe é que devemos esta honra não apenas aos líderes formais, mas a qualquer pessoa que tem feito diferença na nossa vida.

O outro lado, o do líder, deve ser avaliado com outro critério. O líder autêntico, aquele que é líder porque está a frente de uma missão e cujo objetivo é cumprir a visão que lhe foi dada, não procura por essa honra. Ele sabe que ela é secundária e consequência da sua liderança. Ele sabe que a honra não é o objetivo e que recebê-la durante a sua trajetória rumo ao alvo é apenas presente de Deus para animá-lo a prosseguir o caminho.

O líder de fato sabe que é merecedor de honra quando faz bem o seu trabalho, mas o líder de fato abre mão de receber essa honra em prol do melhor para si, para o projeto e, principalmente, para os membros da sua equipe. Isso mesmo, se for melhor para a equipe o líder abre mão de ser honrado por aqueles que devem fazê-lo. Cuidado aqui: estamos falando de honra, não respeito à posição e obediência à direção do projeto.

Davi nos dá lições profundas nesta passagem.

Primeiro, o episódio demonstra o quanto ele era amado pelos que o seguiam ao ponto de eles arriscarem a vida para satisfazer um desejo dele. Isso mostra que a liderança de Davi foi conquistada e não imposta.

Segundo, ele valorizou aos seus liderados considerando-se indigno de receber esta honra. Ao agir assim demonstrou que não se sentia superior aos seus valentes apesar de ser o seu líder.

Terceiro, ele valorizou profundamente o presente recebido transformando-o em uma oferta a Deus. Davi tinha consciência de que se devia oferecer a Deus apenas o melhor e, sabendo disso, seus liderados viram como ele valorizou o ato deles.

Em outros momentos Davi aceitou a honra que lhe foi oferecida, principalmente quando foi feito rei pelo povo. Mas esta honra já era esperada desde que fora ungido por Samuel na casa de pai muitos anos antes. Ele sabia que fora ungido para governar e estabelecer o reino conforme a direção de Deus. Esta honra tinha um propósito.

Muitos líderes de hoje estão correndo atrás de serem honrados e acabam por se tornar um peso para o seu povo que, além de contribuir para a obra de Deus, ainda tem de sustentar seus caprichos.

Sejamos nós exemplos de líderes que sabem direcionar a honra recebida para aquele que a merece: o nosso Senhor Jesus Cristo.

Ó Deus maravilhoso, ajuda a nos contentarmos com aquilo que o Senhor nos permite receber e assim recebermos a honra de agradar.

Vinicios Torres
ICHTUS – Uma Parceria Diária com Deus
Edificando o Povo de Deus pela Internet


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.