Reflexão

Meta Sem Prazo é Apenas Sonho



Você definiu as suas metas para este ano e escreveu-as. Ótimo, primeiro passo realizado com sucesso. Mas diga-me: quando você alcançará as metas que você listou?

Uma das características mais importantes do processo de definir metas para nos tornarmos pessoas mais produtivas é justamente o definir um prazo desejado para se atingir os objetivos definidos. O prazo faz parte do alvo a perseguir. Você não apenas quer conquistar a meta, você quer conquistá-la no tempo correto.

O corredor não se satisfaz apenas terminando a corrida na pista, ele quer terminar a corrida no tempo suficiente para ser o primeiro colocado. O alpinista não quer gastar o ano inteiro para subir uma montanha, ele determina o tempo que ele deseja levar para chegar ao topo.

Determinar o prazo para realizar a meta permite descobrir os prazos de cada passo necessário para chegar a ela. Assim, se você listar as tarefas que precisa realizar para conquistar um objetivo terá condições de acompanhar o andamento do seu projeto. Se hoje você deveria ter realizado três passos em direção à meta mas você só realizou dois, então sabe que está atrasado e que se continuar assim não chegará ao objetivo no prazo proposto.

Existem metas cujo prazo é uma característica essencial, como por exemplo, os trabalhos de pesquisa acadêmica que precisam ser entregues no fim de ano, o congresso da sua igreja que será realizado em um feriado específico, o lançamento de um produto da sua empresa que precisa ser feito em uma feira em determinada data. Outras metas não são assim e você precisará ser criativo para achar uma maneira de definir um prazo para elas.

Na hora de definir o prazo para sua meta, você deve ter alguns cuidados:

1. Não seja irreal

Se você tem um salário de R$ 1.000,00 por mês, não adianta colocar a meta de quitar uma dívida de R$ 10.000,00 em três meses. Comece sendo realista com a situação e faça um plano condizente com a capacidade.

2. Ao mesmo tempo, tenha fé e desafie-se

Não seja acomodado, coloque prazos nas metas que façam com que você realize o seu máximo potencial. Se você pode realizar algo em dois meses, por que colocar o prazo no fim do ano? Traga o prazo para antes e busque uma nova meta logo após. Isso o tornará mais produtivo e você realizará muito mais.

3. Cobre-se mas não se torture

Prazos que não são seguidos não valem muita coisa, mas dê uma tolerância onde for possível dar. Em muitos casos, os passos intermediários poderão se atrasar e acabam tendo de ser executados muito em cima da hora, gerando estresse. O que importa é que o objetivo final seja atingido.

Definir os prazos para as metas é uma forma de administrar corretamente um dos recursos mais importantes que Deus nos deu: o tempo. Se você souber definir corretamente e dedicar-se a cumprir as suas metas nos prazos estabelecidos verá a sua vida progredindo.

Senhor, ajuda-nos a realizar plenamente o que tens para nós, definindo os prazos com fé, em Tua ação, em nossa vida.

Vinicios Torres

ICHTUS
Edificando o Povo de Deus pela Internet


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.