Reflexão

Novidade de Vida – Causa e Efeito



E não só isso, mas nós mesmos, que temos os primeiros frutos do Espírito, gememos interiormente, esperando ansiosamente nossa adoção como filhos, a redenção do nosso corpo (Romanos 8:23)


A clássica pergunta é “quem veio primeiro o ovo ou a galinha?” mas neste versículo me deparei com uma situação diferente: os frutos vêm primeiro ou os gemidos interiores? Tenho visto gente bem intencionada que não cresce na vida espiritual que me dediquei a pensar ao menos um tempinho sobre isso. O que me intriga é: adianta gemer sem ter frutos?

Os frutos são produzidos, eles não são recebidos. O que Deus nos dá são dons e com eles produzimos frutos. Então a sequência correta e adequada deveria ser arrependimento->mudança de vida->santificação crescente->frutos espirituais->gemidos interiores. Mas afinal, que gemidos são estes?

Uma vida renovada tem um toque de esquisitice que só pode vir do Reino de Deus mesmo. Viver aqui sem pressa de ir embora mas ansiando a ida para o local e estado definitivo junto ao Pai; buscar o interesse dos perdidos enquanto eles estão atolados no lamaçal de uma vida destruída; viver para Cristo, afinal não sou eu mais quem vive mas Ele em mim; negar a si mesmo; ficar por último para ser o primeiro; dar para receber.

Se olharmos para estes critérios, a vida de um servo de Deus nesse mundo, levando seu Senhor a sério, é uma vida muito sem sentido para os padrões deste mundo. Mas para quem foi alcançado e nasceu de novo tudo faz sentido, afinal a certeza da condenação à morte e da salvação em Jesus Cristo dá sentido a tudo. Não significa que fica fácil, mas tem sentido.

Agora, meu querido leitor, pense comigo: quando olhamos para o mundo em que vivemos com conflitos, decepções e desapontamentos, enfermidades, maldade crescente, iniquidade por todo lado, injustiças em profusão, dificuldades de toda sorte, dias realmente difíceis., dá vontade gemer para que tudo isso acabe de uma vez e venham os tempos de alívio, refrigério, adoração.

Se no nosso interior não existir um gemido de ansiedade, de angústia, de desejo ardente pelo fim de tudo isso, uma vontade difícil de fazer tudo isso ficar para trás – ouso dizer que tem algo errado conosco. Não é possível alguém nascido de novo no Espírito gostar desse mundo nas condições em que está.

Ao nos apercebermos desse gemido, ou da falta dele, nós poderemos e deveremos agir em favor do cumprimento de todas as coisas para que possamos desfrutar daquilo que é eterno, agradável e verdadeiro – o Reino de Deus na Glória Eterna. Foi de lá que viemos e é para lá que devemos voltar.

Se sua alma geme por um mundo bizarro e se esfarelando em pecado; ou se sua alma geme por uma eternidade com o Senhor sem essa maracutaia toda que está aí; ou se sua alma geme para que mais e mais pessoas se juntem a este Reino – então está no caminho certo.

Se te falta isso, como eu vi que em mim faltava, te convido a investir literalmente toda sua vida fazendo com que esse gemido brote interiormente de forma espontânea a partir de atitudes de santidade, de uso de dons, de servir ao Corpo de Cristo.

Senhor, me perdoa pelos momentos em que não tenho ansiado pelo cumprimento de Tudo. Ajuda-me a viver do modo que o Senhor deseja e com isso sentir desejo intenso pelo que é Eterno.

Mário Fernandez


ICHTUS – Uma Parceria Diária com Deus
Edificando o Povo de Deus pela Internet


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.