Reflexão

Novidade de Vida – Presenteado e Agradecido



Descobri também que poder comer, beber e ser recompensado pelo seu trabalho, é um presente de Deus. (Eclesiastes 3:13)

Eu tenho um perfil e uma herança cultural familiar de ser workaholic – o que trocando em miúdos significa que eu trabalho demais, exagero ou simplesmente não paro quando deveria. Em um acontecimento recente, que me levou a parar por um tempinho, percebi o quanto estava agindo errado e tive de me reavaliar. Mas isso me trouxe uma constatação igualmente triste.

A maioria das pessoas que conheço e convivo, não apenas na cidade onde eu moro mas também nos demais locais por onde ando, se destaca justamente pelo contrário. A bênção de trabalhar foi trocada pela comodidade de ter uma rendinha qualquer, um bolsa-qualquer-coisa ou simplesmente uma letargia econômica absurda. Trabalhar e ser recompensado, diz o versículo, é presente de Deus, é benção, é dádiva.

O meio termo saudável e abençoado é estabelecer uma carga de trabalho compatível com sua capacidade e vigor, dentro de suas aptidões e (se for o caso) formação/estudo de um modo tal que sobre tempo e energia para comer e beber como resultado desse trabalho. É preciso colocar o trabalho no seu devido lugar, tanto eu como os do extremo oposto.

Atentemos ao que a Bíblia nos ensina sobre isso de modo bem tranquilo e veremos que não é preciso nem uma pesquisa muito profunda para vermos que trabalhar é preciso, é necessário, é bênção, é uma recomendação bíblica, mas pode se tornar uma maldição. Como sempre, equilíbrio é essencial.

Como sinal de novidade de vida, devemos demonstrar a gratidão pelo que o Senhor nos tem dado, inclusive o trabalho. Sou grato por que o que como é resultado de trabalho dado pelo Senhor. Sou grato por que o que bebo é resultado de trabalho dado pelo Senhor. Comer e beber é o mínimo, até mesmo em termos de sobrevivência, por isso uma vida renovada tem gratidão por que sobrevive por conta da bênção de Deus.

Igualmente não é errado acumular patrimônio e ter os objetos (lícitos é claro) que sejam comprados como resultado de seu trabalho. Não é a maior prioridade mas é presente de Deus e merece gratidão.

Vamos olhar para o trabalho e para sua recompensa como algo de Deus e para nós. Gratidão por Ele nos ter dado, sabedoria para usar o que Ele nos dá, equilíbrio para viver como Ele deseja, moderação para desfrutar da recompensa Dele.

É um desafio, meu querido, que temo a maioria de nós não vai conseguir. Mas eu vou tentar.

Senhor, me perdoa pelo desequilíbrio no meu esforço de trabalhar, seja para mais ou para menos. Ensina-me e me acalma para que eu seja o trabalhador que o Senhor espera de mim.

Mário Fernandez


ICHTUS – Uma Parceria Diária com Deus
Edificando o Povo de Deus pela Internet


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.