Reflexão

Novidade de Vida – Retidão



pois estamos tendo o cuidado de fazer o que é correto, não apenas aos olhos do Senhor, mas também aos olhos dos homens. (2 Coríntios 8:21)

Numa nova vida em Cristo não tem mais lugar para picaretagem, pilantragem, trambicagem ou seja lá que nome que seja dado para esse espírito que algumas pessoas manifestam. Fazer o que é certo quando tem alguém olhando nem é tão difícil, mas algumas pessoas não se dão conta de que o Senhor tudo vê, portanto os olhos dos homens são o menor problema.

Viajei recentemente de carro e rodei 2.000km em 3 dias, dirigindo, sozinho. Carro alugado, música tocando, 14 horas para ir. Imagine o cenário e pergunte-se: a estrada tem limite de velocidade? Tem faixa contínua onde não pode ultrapassar? Tem carros e caminhões na contramão? Tem trechos em obra? Tem locais de velocidade mais baixa? Tem gente andando devagar demais?

Se sim para qualquer das perguntas então haja paciência. Meu irmão, se eu “sentasse a botina” chegaria pelo menos uma hora antes. Mas me propus a andar no máximo, no máximo, 10% acima do limite da estrada, apenas pela tolerância do velocímetro. Que desafio!! Mesmo para um motorista experiente como eu, a tentação de acelerar nas retas é intensa especialmente “se não tem polícia nem radar”. Mas é justamente aí que somos provados verdadeiramente – se só fizermos o certo para não sermos punidos, demonstramos sintomas da velha vida.

Meu querido, isso é um mero exemplo. Se eu tocar no assunto de mentir para o imposto de renda, de ajeitar relatórios para encaixar resultados, estacionar em vagas reservadas, elogiar o carro na hora de vender, pagar propina pra evitar multa… Misericórdia, eu já pequei tanto nesse tipo de coisa em outras épocas de minha vida que só posso me envergonhar. Temos que deixar isso para trás, viver uma vida na qual temos cuidado de fazer somente o correto.

Veja que isso implica seguir toda e qualquer lei civil do nosso país de residência, desde que não fira a Palavra de Deus, por mais idiota que a lei pareça. Com toda decepção com governantes, temos que pagar imposto, é o certo. Podemos e devemos pelejar por leis justas e honestas, mas enquanto vigentes temos de obedecer “também aos olhos dos homens”. Não podemos simplesmente ignorar o que sabemos e fazer o que tivermos vontade, isso é o errado.

Mas isso também implica falar a verdade para todas as pessoas, ainda que isso nos prejudique, por que é o correto a ser feito. Temos de ajudar os pobres e desfavorecidos, temos de orar por nossos governantes, temos que oferecer a outra face e andar a segunda milha, porque isso é o correto. É uma luta contra o ego, pois tendemos a só querer fazer o que nos gera reconhecimento ou satisfação.

Eu não sou iludido, sei que não é nada fácil. Eu não sou perfeito, caio nessas coisas também. Eu não sou inocente, conheço a realidade. Mas tenho consciência do que é certo e uma vontade enorme de acertar, de fazer o correto, de ir além do mínimo. A pior desculpa que podemos dar é “todo mundo faz” por que isso nos coloca na média da média. Quem não se destaca da média merece o nome medíocre e isso não é o que o Senhor espera de nós.

Senhor, me perdoa por ignorar o que sei ser o correto. Não quero mais menosprezar Teu ensino e Tua Palavra. Me ajuda, me dirige e me fortalece para não ser apenas mais um no meio do povo.

Mário Fernandez



Uma Parceria Diária com Deus
Edificando o Povo de Deus pela Internet


Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.