Reflexão

Pentecostes II



Neste espaço do boletim geralmente abordamos a temática que será apresentada nos cultos vindouros. Mas eu gostaria de falar sobre o tema de Pentecostes, lembrado no domingo que passou, o Domingo de Pentecostes. Os eventos desta história estão registrados em Atos 2.

Este é um evento fundamental para a Igreja de Cristo. Por ocasião do Pentecostes e com a chegada do Espírito Santo, a igreja passa a existir como corpo de Cristo para o mundo. Isto fica claro ao final do segundo capítulo de Atos, quando se descreve o modo de vida dos novos cristãos e o impacto deste estilo de vida na sociedade.

Um dos personagens desta história que me chama a atenção é a pessoa de Pedro. Um seguidor aguerrido de Cristo, mesmo assim ele nega a Jesus três vezes na noite da crucificação. Mas aqui o encontramos levantando a bandeira do Evangelho para uma multidão desconhecida, visitado pelo Espírito de Deus e em plena “campanha evangelística”.

Imagino que nós, como igreja, também podemos ser como Pedro – tanto o Pedro da negação quanto o Pedro da pregação. Se como igreja vivermos enclausurados, como medo do que o mundo pode achar de nós ou do modo como pode reagir ao fato de sermos discípúlos de Cristo, não iremos conseguir impactar o mundo ao nosso redor com as boas novas do Evangelho. O fato é que, se estivermos imbuídos do Espírito Santo, não nos será possível esconder nossa luz do mundo. Brilharemos como testemunhas do amor de Jesus e da glória de seu Reino. Que seja assim, e que sejamos visitados pelo Espírito.

Marcell Steuernagel

Veja mais Reflexão

Um serviço: Logo POW Internet

"Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo." 1CO 1:3

O sangue de Jesus Cristo, filho do Deus vivo, te purifica de todos os pecados.